Recursos do Fundo de Incentivo à Cultura do Algodão em Goiás devem superar R$ 3 milhões em 2003


Agronegócio

Recursos do Fundo de Incentivo à Cultura do Algodão em Goiás devem superar R$ 3 milhões em 2003

Por:
2 acessos

Paulo César Peixoto, gerente-executivo do Fundo de Incentivo à Cultura do Algodão em Goiás (Fialgo), criado em 2000 com o objetivo de fomentar a cultura algodoeira no Estado, diz que o orçamento do Projeto, nos três últimos anos, foi de cerca de R$ 2,3 milhões/ano.

Pelo programa, são garantidos até 75% de incentivo no Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para o algodão. Desse total, 15% são depositados no Fundo para os projetos.

Para esta safra, com a melhor cotação do produto e aumento da produção, a expectativa é que esse valor suba R$ 1 milhão, alcançando cerca de R$ 3,3 milhões.

Os recursos, como esclarece Peixoto, são aplicados em pesquisas para geração de variedades, manejo e controle integrado da cultura, treinamento, transferência de tecnologias e promoção do algodão produzido em Goiás. A meta é aumentar a produção e atrair compradores, tanto no mercado interno quanto no mercado internacional.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink