Recursos para agricultura crescem 20%


Agronegócio

Recursos para agricultura crescem 20%

Por:
1 acessos

Os recursos para financiamento da produção que serão anunciados no próximo plano de safra em maio serão 20% superiores aos liberados no ano anterior. A informação é do secretário de política agrícola do Ministério da Agricultura, Ivan Wedekin. "Os produtores tiveram um aumento de 20% a 40% em seus custos de produção, o que causa a necessidade de demanda maior de capital de giro", afirma Wedekin.

Nas próximas duas semanas, todos os setores do agronegócio brasileiro enviarão ao ministério sugestões para o plano de safra. "No dia 23 teremos em Brasília uma reunião com a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil e com a Organização das Cooperativas do Brasil, dois importantes organismos de representação da produção", afirma.

Entre as políticas que estão sendo elaboradas pelo ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, uma das prioridades é a implantação do seguro rural. "Já estamos na fase final do projeto, que está em fase de aprovação", disse o ministro.

Na segunda-feira, todos os setores que possuem alguma representação na área de seguros se reunirão para criar um regulamento para o seguro rural. "Ainda este ano o seguro rural será implantado no Brasil."

Segundo Wedekin, o seguro será criado por meio de uma lei que permitirá ao governo criar um fundo para subsidiar os produtores no pagamento dos prêmios. "Os recursos desse fundo serão provenientes do Tesouro, mas ainda não sabemos de quanto será", afirma Wedekin.

O secretário lembrou que nos EUA, 50% do prêmio pago é subsidiado pelo governo. "No Brasil vamos começar do zero. Não sei ainda quanto será subsidiado."

Em relação ao financiamento agrícola, Rodrigues informa que o aporte de recursos para o Moderfrota de R$ 800 milhões, feito no final de fevereiro, "pode não durar até o final de abril", disse o ministro que participou de reunião com representantes do setor de máquinas que comunicaram a forte demanda.

"Imagina a pressão que sofrerei durante a Agrishow (feira de tecnologia de Ribeirão Preto entre 28 de abril e 3 de maio). Isso dá uma idéia do crescimento que o agribusiness brasileiro vem apresentando nos últimos anos", disse o ministro.

Segundo ele, o crescimento da produção brasileira e o aumento das exportações significam que o Brasil está deslocando do mercado externo outros países exportadores. "Quem está sendo deslocado não está gostando e está fazendo de tudo para impor retaliações para impedir o avanço do País."


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink