Reflexos da seca serão minimizados na pecuária gaúcha

Agronegócio

Reflexos da seca serão minimizados na pecuária gaúcha

As pastagens nativas, assim como as cultivadas, ainda apresentam boas condições para manutenção dos animais
Por: -Janice
1400 acessos
As condições nutricionais e sanitárias dos rebanhos do Estado são boas, pois as pastagens nativas, assim como as cultivadas, ainda apresentam boas condições para manutenção dos animais. Com a minimização dos problemas de alimentação dos animais a campo pela normalização das chuvas e, considerando o período de entoure dos rebanhos, os possíveis reflexos negativos da seca do início do verão devem ser minimizados. Neste período do ano, os pecuaristas devem ter maior cuidado com ectoparasitas, como carrapatos e moscas do chifre, além de verminoses, especialmente nas categorias de animais mais jovens.

A produção de leite já começa a declinar em alguns municípios gaúchos devido à menor disponibilidade de alimentos para os animais. Os produtores já estão providenciando sementes para implantar as pastagens anuais de inverno, principalmente aveia e azevém, que começaram a ser semeadas nas áreas onde já foi realizada a colheita de milho e soja.

As informações são da assessoria de imprensa da Emater/RS-Ascar.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink