Agronegócio

Refúgio Estruturado é tema de palestra gratuita em Sorriso (MT)

Evento ocorre no dia 19 de maio
Por:
2911 acessos

Técnico da Monsanto fala das boas práticas para a preservação dos diferenciais das tecnologias com foco no milho nesta quinta-feira (19.05), no Sindicato Rural de Sorriso
 
Comprometida em criar soluções integradas para ajudar os produtores nos desafios da agricultura, a Monsanto reforça as boas práticas de manejo no campo, com destaque para o Refúgio Estruturado, durante a última etapa do Rally da Safra 2016. O evento sobre o mercado de soja e milho acontece nesta quinta-feira (19/05), às 19h, no Sindicato Rural de Sorriso, em Sorriso (MT).


 
“O plantio do Refúgio dificulta a seleção de insetos resistentes, proporcionando benefícios econômicos e ambientais ao agricultor ao longo do tempo”, afirma Renato Carvalho, gerente de Regulamentação da Monsanto. Ainda de acordo com o gerente, a preservação e a sustentabilidade das tecnologias dependem do cumprimento das recomendações de manejo de resistência de insetos (MRI), que incluem a adoção das áreas de refúgio estruturado, mantendo a eficácia e a longevidade da tecnologia.
 
O produtor deve reservar ao menos 10% da área plantada com milho VT PRO 3 para o plantio do refúgio com milho não Bt (convencional ou tolerante ao herbicida glifosato) para preservar os diferenciais da tecnologia.
VT PRO 3 é a única que oferece a proteção das raízes da planta do milho. A tecnologia tem duas proteínas Bt contra pragas da parte aérea e uma específica contra a larva alfinete (Diabrotica speciosa), praga que fica escondida no solo e se alimenta das raízes do milho, diminuindo a capacidade de absorção de água e nutrientes e reduzindo o potencial produtivo da lavoura. Na parte aérea, a tecnologia é eficaz contra as pragas aéreas que atacam as folhas, colmo e espiga do milho – lagartas do cartucho, da espiga, elasmo e broca do colmo.

 
“As boas práticas agrícolas abrangem também, a dessecação antecipada, o monitoramento da área, a rotação de culturas e outras opções de controle”, finaliza Renato.
 
RefúgioMax reforça a importância das boas práticas para a Monsanto
 
Pioneira no lançamento de biotecnologias de milho no Brasil, a Monsanto inova ao lançar a primeira marca de sementes para o refúgio do milho, a RefúgioMax. A marca oferecerá sementes não Bt de alto potencial produtivo. Os agricultores terão acesso a esses híbridos a partir da safra de verão 2016/17 e safra de inverno 2017. Serão disponibilizados seis híbridos da marca RefúgioMax para diferentes regiões brasileiras.
 
Esses materiais propiciam grande amplitude de plantio, boas características de sanidade de planta e qualidade de grãos. Esse portfólio foi construído seguindo os critérios de avanço e melhoramento da rede de ensaios da Monsanto, garantindo alto critério de seleção e posicionamento dos híbridos.

 
Serviço

O quê – Palestra sobre mercado de soja e milho
Quando – 19/05/2015 (quinta-feira), às 19h
Onde – Sindicato Rural de Sorriso (Av. Marginal Esquerda, 1415 – Bairro Bom Jesus, Sorriso - MT)
Quanto – Gratuito
Inscrições - http://www.rallydasafra.com.br/evento/evento-sorriso
 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink