Região sudoeste paulista mostra excelência na produção de cafés

Agronegócio

Região sudoeste paulista mostra excelência na produção de cafés

O nível dos cafés foi classificado de excelente, tanto os cafés naturais quanto os cerejas descascado e o micro-lote
Por:
1382 acessos
Durante o 9º Concurso Estadual de Qualidade de Café de São Paulo, Prêmio “Aldir Alves Teixeira”, entre os onze finalistas, foram classificados cinco cafeicultores do Sudoeste Paulista, região compreendida pelas regionais agrícolas de Ourinhos e Avaré. O nível dos cafés foi classificado de excelente, tanto os cafés naturais quanto os cerejas descascado e o micro-lote. As notas de qualidade variaram entre 8,367 pontos a 9,027, este ultimo considerado pelos árbitros como excepcional.

Para o engenheiro agrônomo Paulo Sérgio Viana Mattosinho, presidente da Comissão Técnica de Cafeicultura da CATI e Chefe da Casa da Agricultura de Piraju, isso comprova o potencial regional de produção de cafés com excelente qualidade. O destaque dos finalistas foi o pequeno produtor de Piraju, José Emílio Lisboa, que participou na categoria micro-lote, criada esse ano e é direcionada a produtores que têm até três hectares e podem participar com duas sacas beneficiadas. “Esse fato demonstra o enorme potencial de produção de cafés finos por pequenos produtores, que são a maioria em nossa região.

Desde 1997, a Secretaria Estadual de Agricultura e Abastecimento, através da CATI, vem desenvolvendo um consistente trabalho em todo o Estado para a melhoria da qualidade do café, através de palestras, dias de campo, encontros técnicos, workshops e assistência aos produtores, em parceria com o IAC, SEBRAE, Câmara Setorial de Café e empresas ligadas ao agronegócio café.

A CATI em parceria com o SEBRAE iniciou o processo para obter a “Indicação Geográfica” na modalidade “Indicação de Procedência” trabalhando sob a denominação “Cafés do Sudoeste Paulista” que abrange as regionais de Ourinhos e Avaré.

O INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial) é o órgão responsável pelas indicações geográficas no Brasil e sua ação abarca não só o registro, mas também a identificação de produtos que, por suas características, se vinculam a regiões e são, portanto, potenciais objetos da proteção conferida pelas Indicações Geográficas.

Abaixo, a relação dos onze finalistas que disputam o 9º Concurso Estadual de Qualidade do Café de São Paulo - Prêmio Aldir Alves Teixeira, bem como suas notas e preço mínimo para o leilão. O resultado do Leilão será divulgado no próximo dia 05/11 em evento no Museu do Café em Santos – SP.
 
 

As informações são da assessoria de imprensa da CATI.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink