Região Sul do MT colhe 90% da safra 2006/07 de algodão

Agronegócio

Região Sul do MT colhe 90% da safra 2006/07 de algodão

O crescimento não deve ser o suficiente para quitar dívidas de safras anteriores
Por:
113 acessos

Cerca de 90% de toda área destinada ao plantio de algodão na Região Sul do Mato Grosso – de 100 a 110 mil hectares - já estão colhidas. A estimativa é de que o restante seja finalizado ainda este mês. Segundo informações do diretor da Associação Mato-grossense dos Produtos de Algodão (Ampa), Álvaro Salles, a produção deste ano está sendo 10% superior à do ano passado. Porém, o crescimento não deve ser o suficiente para quitar dívidas de safras anteriores. “Com essa produção, os cotonicultores vão conseguir empatar, ou seja, pagar apenas o custo, mas não obter lucro”, afirma.

Um dos principais fatores que proporcionaram a elevação na produtividade do algodão na região foi o clima regular durante todo o ciclo, já que de maio a junho não houve grandes variações de clima. “No ano passado, tivemos muita seca durante o crescimento da planta, que causou a queda na produção. Este ano, apesar de alguns dias de frio, principalmente em junho (período em que o algodão apresentou uma retraída e a colheita atrasou um pouco), a produtividade não foi afetada”, explica. Salles acrescenta ainda que se não houvesse o atraso devido ao frio, a colheita deste ano já estaria finalizada.

A boa produção também foi presenciada em outras cidades da Região Sul do Estado, como Campo Verde, por exemplo, que superou as expectativas. “A rentabilidade varia muito de uma região para outra, pois cada local tem suas características próprias que definem o resultado das plantações”, observa. Conforme Salles, apesar de apresentar acréscimo na produtividade de em média 10%, o resultado da safra de algodão na região não atingiu as metas de 350 arrobas por hectare, ficando com a produtividade média de 290 a 320 arrobas por hectare.

Em todo o País, segundo o 10° levantamento de grãos da safra 2006/2007, divulgado na última terça-feira pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a área cultivada com a cultura totalizou 1,09 milhão de hectares, apresentando um acréscimo de 27,7% na produção em relação à safra anterior. Em Mato Grosso, um dos maiores produtores no País, a área destinada à plantação da cultura cresceu 19% este ano. O percentual foi calculado com base na safra 2005/2006.

Pesquisa desenvolvida pela Agroconsult mostra que os custos de produção da safra 2006/2007 apresentam redução de em média de 10% em relação à safra anterior. Porém, o próximo ciclo já preocupa os produtores da região, principalmente devido o aumento de mais de 20% nos preços dos fertilizantes. Segundo o produtor rural Avelino Dias, as dívidas com as revendas estão grandes e mesmo com a excelente produção em sua propriedade, com cerca de 330 arrobas de algodão por hectare não será possível pagar todas as dívidas. “Quase não compensa ter boa produção se as contas também aumentaram”, declara.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink