Reposição com preços ainda frágeis, mas diante de quedas menos expressivas

Agronegócio

Reposição com preços ainda frágeis, mas diante de quedas menos expressivas

O ímpeto para a queda de preços da reposição já foi maior
Por:
314 acessos

O ímpeto para a queda de preços da reposição já foi maior. Apesar de recuos nas cotações ainda ocorrerem, estes são mais amenos do que os verificados nos últimos meses. Já há, inclusive, retomada de preços para algumas categorias e regiões, especialmente para as eras mais próximas ao abate.

Nos últimos trinta dias, na média de todos os estados pesquisados para o boi magro anelorado, o reajuste foi de 0,6%, o que atesta a afirmação anterior. Porém, para o bezerro e garrote a variação de preços mensal ainda foi negativa em 0,7% e 0,4%, respectivamente. A expectativa é de que a pressão baixista perca força nos próximos meses, com a recuperação da capacidade de suporte dos pastos e tendência de preços sustentados para o boi gordo, fatores que devem colaborar com a demanda pela reposição do rebanho.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink