Reserva do rebanho C.A. em oferta no leilão virtual

Agronegócio

Reserva do rebanho C.A. em oferta no leilão virtual

Em oferta, 35 lotes selecionados do rebanho do Gir Leiteiro C.A., o mais antigo em melhoramento para leite na raça
Por:
1801 acessos
Os selecionadores Daniel Costa e Marcelo Censoni, donos da marca Gir Leiteiro C.A., promoverão dia 1º de dezembro (quarta-feira) o 1º Leilão Virtual Genética Campo Alegre, com transmissão pelo canal Terraviva, a partir das 21h00.

Em oferta, 35 lotes selecionados do rebanho do Gir Leiteiro C.A., o mais antigo em melhoramento para leite na raça, detentor de genética que produziu grandes touros da atualidade, como C.A. Everest, C.A. Paladino, C.A. Quiosque, e, mais recentemente, C.A. Sansão, reprodutor de maior valor genético do Gir Leiteiro.

"É esta reserva genética que estará disponível no Leilão Campo Alegre, que promete entrar para a história da raça Gir Leiteiro. Serão ofertados apenas animais de genética da marca, criada há oito décadas", informa Censoni.

Fazem parte do time de convidados que venderão genética do rebanho Campo Alegre os criadores Adriano Maia & Reinaldo Bertin, Adriano Vaz de Lima, Antonio Carlos Canto Porto, Cristhiano e Lúcio Costa, Erik Carbonari, José Joaquim da Costa Noronha, OuroFino Agronegócios e Rio Vale Agronegócios.

A história

A formação da linhagem C.A. tem relação direta com a história do Gir Leiteiro. O primeiro passo data de meados da década de 30 e foi dado pelo Dr. João Batista Figueiredo Costa, na Fazenda Campo Alegre, em Casa Branca, SP. O sufixo C.A. originou-se das iniciais do nome da fazenda. Os animais que formaram a base do rebanho eram registrados ou reprodutores zebuínos POI importados da Índia.

Desde o começo, o criatório utilizou o controle leiteiro mensal como ferramenta básica para avaliação dos animais. O controle passou a ser oficial em 1962, a partir da criação do Serviço de Controle Leiteiro Oficial para o Zebu, pela antiga Associação Paulista dos Criadores de Bovinos (APCB), hoje Associação Brasileira de Criadores (ABC). "O controle leiteiro foi a ferramenta fundamental para a identificação das vacas realmente eficientes e para a formação das principais linhagens leiteiras dentro do rebanho", afirma Daniel Costa.

Nos anos 30, Dr. João Batista comprou no Rio de Janeiro o touro Gaiolão, além de 20 fêmeas oriundas da importação da Índia, feita na época. Em 1938, este legendário touro foi vendido para região de Franca, mas deixou excelente progênie na Campo Alegre, destaque para os touros C.A. Paulista e C.A. Topázio.

Segundo, Marcelo Censoni, outro animal importante do rebanho C.A. foi uma filha de C.A. Paulista, a vaca C.A. Barcelona, que produziu 4.076 kg controlados na década de 50, em 365 dias, aos 7anos e 3 meses, em 2 ordenhas, com média diária de 11,16 kg e 5,17% de gordura.

Em 1964, quando foi realizada a última importação da Índia, Dr. João Batista trouxe da Fazenda Hossur para a Campo Alegre o touro Naidu 5131, filho do melhor casal de Gir Leiteiro daquele País. O reprodutor desembarcou na propriedade em meados de 1965, pouco depois do falecimento do Dr. João Batista.

Mas a seleção C.A. não parou aí. Dona Gabriela de Oliveira Costa, viúva do Dr. João Batista, e seu filho Antonio José Lúcio de Oliveira Costa, grande conhecedor da raça, deram continuidade ao rebanho. Com a partilha do gado em 1971, a mais tradicional linhagem do Gir Leiteiro passou à propriedade do filho Antonio José e aos netos de Dona Gabriela, entre eles, José Eduardo Costa Mancini, José Afonso Costa Noronha, João Gabriel da Costa Noronha e Joaquim José da Costa Noronha, o Kinkão, 5 dos 13 fundadores da ABCGIL - Associação Brasileira de Criadores de Gir Leiteiro, que continuam se dedicando ao melhoramento do rebanho.
 
As informações são de assessoria de imprensa.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink