Resistência à criação de fundo global para café

Agronegócio

Resistência à criação de fundo global para café

Por:
2 acessos
A proposta de criação de um fundo global para reduzir os efeitos da volatilidade de preços sobre a renda dos produtores de café enfrenta resistências no setor. Lançada pelo deputado Carlos Melles (PFL-MG), a idéia foi rechaçada por especialistas e dirigentes.


O diretor-geral da Organização Mundial do Café (OIC), Nestor Osório, disse ao Valor não recomendar a adoção de qualquer medida artificial de intervenção no mercado. "Temos que influir nas variáveis do mercado e nos fundamentos do setor", afirmou Osório, durante o seminário "Café: Desafios e Oportunidades". "Não há tiro único como solução. Quotas e planos de retenção têm motivação política". Segundo ele, é preciso racionalizar a oferta, desestimular plantio de cafezais de alto custo na América Central e México, frear a produção em anos de grande oferta e diversificar a produção.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink