Restauração ambiental de imóveis rurais é tema de discussão

Agronegócio

Restauração ambiental de imóveis rurais é tema de discussão

Durante as discussões, foi apresentado o Decreto nº 1.848 de 21/08/2009
Por:
731 acessos
A restauração ambiental de imóveis rurais no Pará foi o tema principal do primeiro encontro do Grupo de Trabalho (GT) formado por técnicos da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), Instituto de Terras do Pará (Iterpa), Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e Secretaria Estadual de Agricultura (Sagri), realizado no Parque do Utinga, na última terça-feira, 14.


Durante as discussões, foi apresentado o Decreto nº 1.848 de 21/08/2009, que dispõe sobre a manutenção, recomposição, condução da regeneração natural, compensação e composição da área de Reserva Legal de imóveis rurais no Estado do Pará. O Zoneamento Ecológico Econômico (ZEE) da Zona Oeste também foi um assunto muito debatido. Segundo a engenheira agrônoma da Sema, Diana Castro, a reunião serviu para “estabelecer a definição das espécies e da quantidade que deve ser utilizada nos processos de Restauração Florestal no Estado”.


Outros órgãos ligados ao meio ambiente também participaram, como o Instituto de Desenvolvimento Florestal (Ideflor), Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon) e Museu Paraense Emílio Goeldi (MPEG), além das entidades de produção científica: Instituto Federal do Pará (IFPA), Universidade Federal do Pará (Ufpa) e Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra).


A próxima reunião acontecerá no dia 28 de junho, no prédio da Diretoria de Planejamento Ambiental (Diplam), no Parque Estadual do Utinga (Peut). Na ocasião, as instituições participantes farão contribuições para a minuta já elaborada pela Sema, em parceria com a Escola Superior de Agricultura "Luiz de Queiroz" (Esalq) e a Ong The Nature Conservancy (TNC).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink