Reunião define Consórcio Nacional da Pesca e Aquicultura
CI
Agronegócio

Reunião define Consórcio Nacional da Pesca e Aquicultura

O objetivo do consórcio é apoiar e financiar ações de pesquisa em pesca e aquicultura no país e estabelecer todas as regras de funcionamento do consórcio
Por: -Janice

“O setor da pesca e aquicultura cresce cada vez mais no país e podemos afirmar que esse é o segmento da agropecuária brasileira que vai colocar o Brasil entre os primeiros dos grandes produtores de pescado”, assim o Ministro da Pesca e Aquicultura, Altemir Gregolin, iniciou sua participação na abertura da reunião do Comitê de estabelecimento do Consórcio Nacional da Pesca e Aquicultura no último dia 06 na sede da Embrapa, em Brasília.

O objetivo do consórcio é apoiar e financiar ações de pesquisa em pesca e aquicultura no país e estabelecer todas as regras de funcionamento do consórcio, como as fontes de recursos, as normas de financiamento, o perfil das instituições participantes, as instâncias deliberativas, as estratégias e as normas de operação.

Também esteve presente na reunião o presidente da Embrapa, Pedro Arraes, que preocupado com o que considera o principal desafio do consórcio, o caminho de se fazer uma articulação forte com intuito de gera bons resultados. “O Consórcio Brasileiro de Pesquisa e Desenvolvimento do Café, coordenado pela Embrapa é um ótimo modelo a ser seguido. Apesar de hoje contarmos com a Embrapa Pesca e Aquicultura, a maior parte das competências está fora de centro de pesquisa e por isso a necessidade de criarmos o consórcio para unir essas competências e assim valorizar as pessoas envolvidas e fazer com elas façam parte direta do processo”, relata Arraes.

Durante a abertura, o diretor da Embrapa, Kepler Euclides Filho, falou da importância de se formar um grupo de trabalho específico para apontar as necessidades de pesquisas atuais com visão de futuro. O diretor ressaltou ainda que é preciso fazer o coletivo sem perder as individualidades e não priorizar somente a produção como o processamento e agregação de valores.

A reunião contou com a participação também do chefe geral da Embrapa Pesca, Aquicultura e Sistemas Agrícolas, Carlos Magno, e de profissionais da Embrapa e do Ministério da Pesca e Aquicultura. As informações são de assessoria de imprensa.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.