Reunião discute soluções para dívidas dos produtores

Agronegócio

Reunião discute soluções para dívidas dos produtores

A renegociação das dívidas dos produtores atingidos pela estiagem no RS entra definitivamente na pauta de discussões do Mapa
Por: -Admin
6 acessos

A renegociação das dívidas dos produtores rurais atingidos pela estiagem no Rio Grande do Sul entra definitivamente na pauta de discussões do Ministério da Agricultura. Após os debates que resultaram na prorrogação das parcelas de investimento, e custeio do trigo, as tratativas seguem o caminho que visa solucionar os débitos dos agricultores junto ao setor privado.

O deputado federal Luis Carlos Heinze (PP-RS), que na semana passada expôs a situação ao ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, agenda mais um encontro para solucionar o problema das dívidas com cooperativas e agroindústrias: na mesa de negociação coloca representantes das indústrias de defensivos, fertilizantes, corretivos, sementes e máquinas com o secretário de Política Agrícola, Ivan Wedekin.

A reunião acontece hoje (05-04), às 14h, na Secretaria de Política Agrícola, e contará também com a participação de integrantes da Federação da Agricultura no Estado do Rio Grande do Sul (Farsul), da Federação das Associações Empresariais do Rio Grande do Sul (Federasul), da Associação dos Cerealistas do Rio Grande do Sul (Acergs) e do Bansicredi.

Proposta:

Com o intuito de sanar as parcelas ‘em aberto’ dos produtores junto ao setor privado, estimados em R$ 2 bilhões, o deputado Heinze sugere que seja criada uma linha de crédito que refinancie os débitos atrasados a um juro mais baixo do que os 2% ao mês cobrados atualmente pelas empresas. "A intenção é promovermos um rateio da taxa de juros. Os produtores pagariam 8,75% ao ano e as indústrias assumiriam o restante da equalização", explica.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink