Reunião planeja ações para o ano das Cooperativas


Agronegócio

Reunião planeja ações para o ano das Cooperativas

Mendes Ribeiro Filho abriu o encontro e reafirmou que pretende criar a Secretaria de Cooperativismo no Ministério da Agricultura
Por:
863 acessos
Mendes Ribeiro Filho abriu o encontro e reafirmou que pretende criar a Secretaria de Cooperativismo no Ministério da Agricultura

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Mendes Ribeiro Filho, abriu a reunião, na manhã desta quarta-feira, 11 de janeiro, com representantes do setor de cooperativas do Brasil para construção do Plano de Ações conjuntas para o Ano Internacional das Cooperativas. Mendes Ribeiro Filho reiterou que aposta no cooperativismo do país. “Tenho o cooperativismo como uma ação permanente em minha atividade política, pois por meio da união das pessoas, chegamos a objetivos surpreendentes”, disse o ministro.


Durante seu discurso, Mendes Ribeiro Filho reafirmou que pretende criar a Secretaria de Cooperativismo no Ministério da Agricultura. Segundo ele, a nova área vai “incentivar os estados de forma que essas ações venham de baixo pra cima e que o cooperativismo seja cada vez mais valorizado”. Para o ministro, desenvolver o cooperativismo é uma missão extremamente importante para a agricultura brasileira.


O Secretário de Desenvolvimento Agropecuário e Cooperativismo do Mapa, Erikson Chandoha, salientou o compromisso do ministério como o principal personagem para disseminar o valor do tema no Brasil “O principal objetivo do ano é chamar a atenção do público urbano sobre o que significa cooperativismo e associativismo e a importância que tem a nível nacional e para a agricultura”, concluiu Chandoha.


A reunião que iniciou na manhã desta quarta-feira (11) irá se estender até a tarde desta quinta-feira (12). Os participantes deverão analisar as ações e os temas propostos na reunião anterior. A finalidade é definir os atos para a divulgação do cooperativismo e construir das atividades que serão realizadas durante o ano de 2012.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink