Reuniões EUA-China influenciam mercado
CI
GUERRA COMERCIAL

Reuniões EUA-China influenciam mercado 

Nesse cenário os futuros de soja negociados na Bolsa de Chicago (CBOT) fecharam em baixa
Por: -Leonardo Gottems

A renegociações entre a China e os Estados Unidos depois da disputa comercial travada entre os dois países estão influenciando o mercado mundial de grãos. Nesse sentido, pode ser que a China, maior comprador de soja do mundo, possa voltar a comercializar o grão norte-americano, o que acabaria mudando o cenário na América do Sul. 

Isso porque, de acordo com o serviço estatal de notícias Xinhua, a China acabou adquirindo mais de 36 milhões de toneladas de soja de países da América do Sul no período de maio a agosto. Segundo o analista Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica, a soja sul-americana está mais barata, mas isso pode mudar com a retomada das negociações. 

“A agência destacou que haverá mais aquisições em novembro. O operador estatal de grãos consultou também o fornecimento de canola, girassol e caroço de algodão na Índia, Canadá e Ucrânia para compensar a menor oferta de soja, por uma baixa das importações dos EUA”, informou Pacheco. 

Nesse cenário os futuros de soja negociados na Bolsa de Chicago (CBOT) fecharam em baixa nesta terça-feira (21.08), apesar da piora da qualidade das lavouras nos Estados Unidos. Segundo analistas, traders se concentraram nos números preliminares da expedição anual Pro Farmer Midwest Crop Tour, que indicaram boa produtividade das lavouras em Ohio e em Dakota do Sul.  

“Na segunda-feira (20.08), após o fechamento do mercado, o Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) disse que 65% da safra de soja do país estava em condição boa ou excelente até o último domingo, uma piora de 1 ponto porcentual ante a semana anterior. Para traders, no entanto, as estimativas da expedição são uma melhor forma de avaliar como a safra está se encaminhando”, finaliza Pacheco. 

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink