Revisão dos estoques internos de milho

Agronegócio

Revisão dos estoques internos de milho

A Conab revisou para baixo as exportações brasileiras de milho em 2015/2016
Por:
1379 acessos

No relatório de novembro, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) revisou para baixo as exportações brasileiras de milho em 2015/2016, em função da maior competitividade com os Estados Unidos neste segundo semestre. Foram estimadas 18,50 milhões de toneladas embarcadas, frente as 20,00 milhões estimadas em outubro.

Dessa forma, os estoques finais na temporada que se encerrou foram revisados para cima. Foram estimadas 7,28 milhões de toneladas no país, frente as 5,45 milhões de toneladas. De qualquer maneira, o volume é o menor desde 2012/2013.

Para 2016/2017, a Conab estima 12,17 milhões de toneladas do cereal em estoques finais, apostando em um aumento da área semeada na temporada e um clima mais favorável.
 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink