Agronegócio

Revisões para baixo da produção de milho na segunda safra

Produção total está estimada em 69,14 milhões de toneladas de milho
Por:
1471 acessos

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou no dia 7 de julho o décimo levantamento de acompanhamento da safra brasileira de grãos 2015/2016. As produções de milho na primeira e segunda safras foram revisadas para baixo, mais uma vez.

No caso da segunda safra, em plena colheita no país, estão estimadas 43,05 milhões de toneladas na temporada atual. Em relação ao relatório anterior, o volume previsto diminuiu 13,9%, são 6,94 milhões de toneladas a menos.

Já na comparação com o ciclo anterior, a produção na segunda safra deve ser 21,1% menor ou 11,53 milhões de toneladas a menos, só na segunda safra.

A produção total está estimada em 69,14 milhões de toneladas de milho em 2015/2016. Este é o menor volume desde 2010/2011.

Com relação aos estoques finais no país em 2015/2016, a estimativa é de 4,47 milhões de toneladas de milho, frente as 10,51 milhões estocadas ao final de 2014/2015. Este é o menor estoque desde 2011/2012.

Os estoques internos enxutos devem limitar as quedas de preços do cereal no mercado interno em médio prazo.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink