Rio Grande Sul finaliza plantio de arroz

Agronegócio

Rio Grande Sul finaliza plantio de arroz

Por: -Admin
1 acessos

O plantio da lavoura de arroz encontra-se praticamente concluído no Rio Grande do Sul, restando pouco mais de 2% da área para ser semeada. As áreas germinadas, que alcançam no momento 94% do total, se desenvolvem normalmente, apesar da falta de chuvas verificada nas últimas semanas. De acordo com o levantamento semanal da Emater/RS-Ascar, esse quadro começa a preocupar os produtores de algumas regiões, principalmente de milho e feijão.

Estima-se que 45% das lavouras de milho se encontram nas fases de floração e enchimento de grãos, períodos extremamente exigentes em termos de umidade disponível no solo. Em diversas zonas produtoras, o sintoma de stress hídrico das plantas é visível e os danos, embora não quantificados, são dados como certos e não recuperáveis. Restam, ainda, 8% da área para ser semeada.

Com relação ao feijão, 55% das lavouras estão entre a floração e o enchimento de grãos e outros 15% amadurecem em condições não propícias devido à falta de chuvas nos últimos dias. As lavouras colhidas mais cedo - 10% do total - e que não sofreram com o clima adverso apresentam rendimentos de até 1,3 mil quilos por hectare e com boa qualidade. A soja atinge 95% da área semeada, sendo que 90% já se encontram germinados.

O presidente da Emater/RS, Caio Rocha, está preocupado com a paralisação dos negócios com o trigo, cuja safra foi encerrada na semana passada. "Observa-se um desalento entre os agricultores, que esperam do governo o anúncio de mecanismos que promovam a comercialização da safra, não apenas deste ano, mas também a do ano passado", assinala.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink