RN realiza segunda etapa da vacinação contra a febre aftosa
CI
Agronegócio

RN realiza segunda etapa da vacinação contra a febre aftosa

Desde 2008 o RN está classificado como área de médio risco
Por:

O Governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca, está realizando a segunda etapa da vacinação contra a febre aftosa. A expectativa é que, até o dia 31 de outubro, das 900 mil cabeças do rebanho potiguar pelo menos 90% sejam imunizadas. Índice alcançado na primeira etapa da vacinação, realizada no mês de abril deste ano.

Desde 2008 o Rio Grande do Norte está classificado como área de médio risco. O objetivo da Secretaria é alcançar o status de área livre. Essa mudança é feita em bloco e depende de outros estados da região que se encontram na mesma classificação. Segundo a diretora de pesquisa e extensão do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária do RN (IDIARN), Tereza Cristina de Farias Ribeiro, no Nordeste apenas os estados da Bahia e de Sergipe estão na classificação de área livre de Aftosa.

O IDIARN é responsável pelo recebimento da vacina, fiscalização para garantir a procedência e segurança do produto, conscientização da população sobre a importância da vacina e acompanhamento do trabalho de imunização. Ainda de acordo com Tereza Cristina, as áreas mais críticas são aquelas localizadas próximo aos lixões e matadouros, além dos mais de 200 assentamentos espalhados pelo estado e as áreas de muita movimentação de animais.

Festa do Boi

Durante a Festa do Boi, que será realizada no período de 9 a 16 de outubro no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim, os animais serão inspecionados. "Além disso, durante todo este mês, só poderão movimentar os animais os criadores que vacinaram seus rebanhos, a fim de evitar a contaminação daqueles que já receberam a dose da vacina", lembra a diretora do IDIARN.

A Festa do Boi é considerada o maior evento agropecuário do Nordeste e um dos maiores do Brasil. Tradicionalmente, participam da exposição, criadores de outros estados, como Paraíba, Pernambuco, Ceará, Alagoas, São Paulo e Minas Gerais.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink