Rodrigues garante que haverá quantidade suficiente de semente de soja convencional para próxima safra


Agronegócio

Rodrigues garante que haverá quantidade suficiente de semente de soja convencional para próxima safra

Por:
3 acessos

O ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues, já avisou: na próxima safra, não faltará semente de soja convencional, a única liberada pela medida provisória. A posição é reforçada por dados da Associação dos Produtores de Sementes do Rio Grande do Sul (Apassul), encaminhados �� Secretaria da Agricultura do Estado. Cerca de 190 agricultores inscreveram suas lavouras espalhadas por 121,5 mil hectares para a produção de semente tradicional. Segundo o presidente da entidade, Narciso Barison Neto, nesta área seria possível extrair 250 mil toneladas de semente. Considerando a taxa de uso do produto, existe semente suficiente para o plantio de 3,5 milhões de hectares. A mesma área utilizada no Rio Grande do Sul nas últimas safras.

Além disso, a taxa do produto fiscalizado no Rio Grande do Sul é de 60%. O restante é semente crioula que o produtor guarda na propriedade para a semeadura seguinte. Se houvesse uma ameaça de falta, o Rio Grande do Sul poderia abrir mão da exportação para outros Estados (5% da produção). "Não faltará semente convencional. Há um movimento crescente de produtores querendo inscrever área para plantio de convencional e agricultores voltando a se interessar pelo produto", diz Barison.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink