Rondônia: maior demanda pelo boi magro

Imagem: Sheila Flores

BOI MAGRO

Rondônia: maior demanda pelo boi magro

Em março de 2019, com a venda de um boi gordo de 18@ comprava-se 1,72 bezerro de ano e, atualmente, compra-se 1,84 bezerro
Por:
88 acessos

Pontualmente, o mercado de reposição em Rondônia esfriou nos últimos dias devido às incertezas com relação à pandemia do coronavírus, que tem influenciado na conjuntura atual do mercado do boi gordo. 

No estado, a maior demanda tem sido pelo boi magro anelorado de 12@. Tomando o início do ano como referência para esta categoria, o preço subiu 2,9% e o boi magro está cotado em R$2.160,00 por cabeça. 

Nesse mesmo intervalo, a melhor relação de troca ficou para o bezerro de ano. Para esta categoria, o poder de compra do recriador/invernista melhorou em 6,8%, e, atualmente, o bezerro de ano está cotado em R$1,7 mil. 

Em março de 2019, com a venda de um boi gordo de 18@ comprava-se 1,72 bezerro de ano e, atualmente, compra-se 1,84 bezerro. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink