Rondonópolis (MT) lidera exportações no semestre

Agronegócio

Rondonópolis (MT) lidera exportações no semestre

A soja contabilizou US$ 275,7 milhões e venda de 1,046 milhão de toneladas
Por: -Giuliano
17 acessos

Rondonópolis mantém a liderança e foi o município de Mato Grosso que mais exportou no primeiro semestre deste ano, com US$ 577,521 milhões contra US$ 447,793 milhões no mesmo período do ano passado, aumento de 28,97%. O carro-chefe foi a soja, que contabilizou US$ 275,709 milhões em 2007 para a venda de 1,046 milhão de toneladas. Na comparação com os primeiros seis meses de 2006, o valor aumentou 20,36%. No primeiro semestre do ano passado foram US$ 229,064 milhões, com embarques de 969,097 mil (t), uma alta de 7,94% no volume físico comercializado.

Na análise do coordenador do Centro Internacional de Negócios da Federação das Indústrias de Mato Grosso (Fiemt), Emerson Moura, mesmo com o aumento na venda do grão, a pauta de subprodutos está se destacando. Em Rondonópolis, os negócios com farelo da oleaginosa no primeiro semestre de 2006 somou US$ 147 milhões e este ano chegou a US$ 211,067 milhões, acréscimo de 43,58%. O óleo de soja somou US$ 34,393 milhões em 2006 ante US$ 46,209 milhões em 2007, salto de 34,35%. "Isso demonstra que em um futuro bem próximo os produtos beneficiados ganharão mais mercado, agregando valor à mercadoria local".

Mesmo com um déficit de 54% entre os primeiros semestres de 2006 e 2007, Cuiabá é a segunda cidade que mais exporta. Os embarques somaram US$ 341,733 milhões no ano passado e US$ 157,131 milhões este ano. Há três anos, conforme Moura, a Capital vem registrando aumento nas exportações, sendo que nos 12 meses de 2004 chegou a US$ 319,9 milhões, e em 2005 passou a US$ 425,850 milhões, incremento de 33,1%. Em 2006 as vendas somaram US$ 493,816 milhões, 15,9% a mais que o ano anterior. "A retração em 2007 ocorreu porque em janeiro do ano passado os produtores tinham estoques de soja, que foram negociados no primeiro semestre. Já em 2007, ao contrário, houve atraso nas embarcações nos quatro primeiros meses".

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink