Roraima está no caminho certo para se tornar protagonista na produção agropecuária, afirma vice-presidente da CNA

Agronegócio

Roraima está no caminho certo para se tornar protagonista na produção agropecuária, afirma vice-presidente da CNA

Evento ocorreu no dia 02 de setembro
Por:
944 acessos

Para o vice-presidente da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), a agropecuária é um setor dinâmico, extremamente renovável e Roraima está no caminho certo para se tornar protagonista na produção. As potencialidades da região são enormes. O clima, a terra, a safra invertida e o povo são fatores essenciais para o desenvolvimento esperado. “O crescimento econômico do estado indica que este futuro é para agora”, comentou. 

Na última sexta-feira, dia 2 de setembro, em Boa Vista, Roraima, o vice-presidente diretor da CNA e presidente da Federação de Agricultura e Pecuária de Goiás (FAEG), José Mário Schreiner, fez discurso para centenas de pessoas, presentes no Centro Amazônico de Fronteira (CAF), da Universidade Federal de Roraima (UFRR), na abertura oficial da Colheita de Soja 2016. 

José Mário Schreiner observou que, apesar da crise econômica que ainda existe no país, o setor agropecuário continua gerando renda, emprego e superávit. “Eu não tenho dúvida que, de certa forma, o setor tem alicerçado a economia brasileira. E, por isso, nós brasileiros temos que ter orgulho da nossa agropecuária”, frisou.  O vice-presidente reforçou que há 40 anos o Brasil era um grande importador de alimento e hoje o país é um dos principais produtores do mundo, graças à ciência, pesquisa, iniciativa privada e o trabalho incansável do produtor brasileiro.  

Segundo a governadora de Roraima, Suely Campos, a produção de soja não é uma aventura, é uma certeza, um bom investimento. “O mundo tem interesse na soja roraimense por ser convencional e de alta qualidade. Hoje, 80% da nossa soja é exportada, mas haveremos também de obter investimentos para fortalecer as agroindústrias e transformar a oleaginosa em proteína animal. Como governadora quero sonhar junto como vocês”, reforçou.

O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Roraima, Silvio Carvalho, observou que o produtor rural sonha com o progresso do Estado e luta por esse objetivo. “Vivemos a expectativa de novas oportunidades como uma energia elétrica de qualidade, uma infraestrutura viária para escoar a produção e, principalmente, o aumento de investimentos de novos empresários do setor e das nossas instituições de fomento. Vamos mostrar para o Brasil e para o mundo, que o nosso estado é capaz, temos muita terra para produzir, temos vontade e produtores para isso. Queremos aumentar a produção com qualidade e sustentabilidade”, ressaltou.

O secretário de Políticas Agrícolas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Neri Geller, também participou da solenidade de abertura e falou sobre o comprometimento do governo federal com a região. “Sabemos das dificuldades do acesso de crédito rural no estado e ainda da pouca liberação de recursos que vem para cá. O ministério se compromete a acelerar o processo e trazer mais recursos até aqui na ponta”, disse.

Geller informou que o Mapa vai liberar até o dia 30 de setembro, o zoneamento agrícola de todas as culturas a fim de criar parâmetros para realizar o financiamento necessário. “Vejo que os produtores estão muito motivados e engajados nessa questão. Roraima vai se tornar um grande polo, disso eu não tenho dúvida. Eu prometo que até o final de novembro o estado vai estar com todas as culturas no zoneamento”, finalizou.

Romero Jucá, senador, também presente na solenidade, comemorou as conquistas do estado e frisou que o governo está empenhado em resolver todos os temas que hoje são os maiores entraves da região, como as questões fundiárias e a energia elétrica.  “Nós temos que viabilizar algumas soluções estruturais para que todo o potencial do estado possa ser exercido, os desafios são resolver as questões de logística e da energia para que a agropecuária se desenvolva”.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink