Rossetto garante auxílio à estiagem sem limite

Agronegócio

Rossetto garante auxílio à estiagem sem limite

O ministro garantiu que não haverá limites para a concessão de auxílio emergencial às famílias
Por:
1 acessos

O ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rossetto, garantiu nesta sexta-feira (06-05), ao participar de reunião com a Comissão de Política Agrícola da Fetag/RS, que não haverá limites para a concessão de auxílio emergencial às famílias enquadradas no Bolsa Estiagem, a ser pago em junho. Segundo ele, mesmo que a previsão seja de 73 mil beneficiados com o instrumento de gestão, nos municípios onde haja cotas insuficientes, haverá remanejamento. "Seremos rigorosos em garantir direitos de quem tem". Na avaliação do presidente da Fetag, Ezídio Pinheiro, esse foi o ponto favorável do encontro. Para o Plano Safra, o dirigente disse que esperava ouvir o anúncio de R$ 3 bilhões, mas o ministro revelou ainda estar negociando a ampliação dos R$ 1,2 bilhão.

Com relação ao pedido de direito ao rebate de R$ 650 aos produtores que não acessaram o Proagro Mais, o delegado do Desenvolvimento Agrário no RS, Nilton Pinho De Bem, salientou haver limitação legal por parte do Conselho Monetário Nacional. "Queremos que na próxima safra seja aumentado o teto de financiamento do rebate, há cinco anos limitado a R$ 200,00 por Pronaf", assinalou Pinheiro. O ministro disse estar estudando as reivindicações de prorrogação das parcelas vencidas de investimento e de crédito fundiário. Descartou, porém, a criação de uma linha de crédito especial para o financiamento via Pronaf de agricultores que buscaram recursos de formação de lavoura junto a cooperativas.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink