Rossi visita Ourofino e oficializa a comercialização da vacina da aftosa
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)


Agronegócio

Rossi visita Ourofino e oficializa a comercialização da vacina da aftosa

Empresa nacional entra na luta pela liderança do mercado veterinário
Por: -Silvano
1973 acessos
 O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Wagner Rossi, esteve hoje em Cravinhos-SP na sede do Grupo Ourofino, acompanhado pelo secretário da defesa agropecuária, Francisco Jardim, o diretor de defesa agropecuária do Mapa, Enio Marques, o chefe de gabinete do ministério, Milton Elias Ortolan, entre outras autoridades. Eles foram recepcionados pelos sócios-fundadores da Ourofino, Norival Bonamichi e Jardel Massari.
Durante o encontro, o ministro reforçou por que fez questão de dar a notícia pessoalmente. “É muito importante para nós ver uma empresa nacional conquistar esse protagonismo num mercado tradicionalmente dominado por empresas estrangeiras”, disse o ministro.

“O grupo hoje é referência e a vacina para o Brasil é estratégica”, disse o secretário da defesa agropecuária, Francisco Jardim.

Enio Marques parabenizou o trabalho da Ourofino e confirmou a decisão em beneficio da empresa. “Impressionante o quanto vocês cresceram. A partir deste momento, vocês estão liberados para a comercialização da vacina contra a febre aftosa”, disse.

O ministro da Agricultura falou sobre a missão significativa. “Admiro muito a Ourofino. O que estamos fazendo aqui hoje é justiça. Por isso vim cumprimentá-los. Como ministro, sou obrigado a apoiar quem contribui para o progresso do país”, disse Rossi.

Norival Bonamichi agradeceu a visita e falou sobre perspectivas.”Somos os terceiros no ranking de saúde animal, com a vacina vamos lutar pela primeira posição”, disse.

Sobre a importância de uma empresa 100% brasileira entrar no mercado de vacinas contra a febre aftosa, o ministro foi incisivo. “A aftosa ainda é um problema no Brasil. Santa Catarina já está livre da doença, mas os outros estados ainda levarão um tempo até erradicá-la. A sanidade nos rebanhos é, portanto, essencial. E uma empresa brasileira neste mercado tem relevante importância estratégica”, disse.

Os lotes estão prontos e serão comercializados durante a campanha de vacinação, em novembro.

As informações são da assessoria de imprensa do Grupo Ourofino.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink