RS: arroz irrigado se desenvolve bem
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
PANORAMA

RS: arroz irrigado se desenvolve bem

Mesmo com a estiagem que afeta o Estado, cultura responde bem
Por: -Eliza Maliszewski

O Instituto Rio Grandense do Arroz (IRGA) passou a divulgar boletins sobre os danos causados pela estiagem nas áreas de arroz do Estado. De acordo com o primeiro comunicado, divulgado na última sexta-feira (7), as lavouras de arroz irrigado se desenvolvem bem, mesmo com a estiagem assolando outras culturas em lavouras gaúchas.Nas seis regiões arrozeiras acontecem apenas perdas pontuais pela deficiência hídrica mas que podem ser recuperadas caso chova nas próximas semanas.

Na Região Central são cerca de 8 mil hectares (6,2%) da área com deficiência na irrigação e solo já seco. Rios e arroios que abastecem as plantações estão enfrentando baixa pela falta de chuvas. No restante da área o desenvolvimento é bom e com produtividade seguindo como o esperado.

Na Região da Fronteira Oeste o nível das barragens é baixa e isso dificulta a captação de água por bombas. Com isso falta irrigação em algumas lavouras e produtores optam por fornecer água às lavouras mais próximas da água.

Na Campanha cerca de 90% do arroz está em estágio reprodutivo e são contabilizadas perdas na área de Cacequi (500 hectares). Os níveis também estão baixos e recomenda-se cautela no uso da água.

Na Zona Sul a situação começa a se agravar. Há perdas pontuais mas que podem ser maiores caso não volte a chover regularmente nos próximos dias. As lavouras locais estão em estágio reprodutivo.

Na Planície Costeira Interna cerca de 60% das lavouras estão em reproduçaõ e não são notadas perdas nem falta de irrigação. As lavouras estão bem conduzidas e os mananciais em níveis normais. Na Planície Costeira Externa 5% do arroz está em estágio reprodutivo e o restante ainda no vegetativo. Os mananciais estão em nível de alerta e também há alerta para o nível de salinidade da Lagoa dos Patos no município de Tavares.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.