RS: chuvas devem seguir baixas nos próximos três meses
CI
Imagem: Pixabay
PREVISÃO

RS: chuvas devem seguir baixas nos próximos três meses

Embora o início de março seja mais chuvoso a La Niña manterá a precipitação abaixo da média
Por: -Eliza Maliszewski

Em atualização no dia 10 de fevereiro, a Agência Americana de Meteorologia e Oceanografia (NOAA) indicou que o fenômeno La Niña começou a enfraquecer. A probabilidade é de 77% de manutenção do fenômeno entre março e maio e de 57% de chance de neutralidade no inverno, entre junho e agosto.

As estações de transição (outono e primavera) são períodos em que a previsibilidade é menor. Mas ainda assim, olhando-se a temperatura do oceano Pacífico em profundidade, existe chance de antecipação do fim do La Niña ainda para o trimestre março-abril-maio.

A área com água fria que sustenta o fenômeno La Niña está cada vez mais reduzida e dando lugar a uma grande região, com águas mais quentes que o normal. Não é suficiente para gerar um El Niño, mas será capaz de acabar com o resfriamento na superfície do oceano nos próximos meses. Apesar disso, em termos práticos, não há expectativa de grandes mudanças para a atmosfera brasileira.

A previsão trimestral da simulação canadense CanSIPS (que pode ser encontrada no portal Tropical Tidbits) indica chuva acima da média entre março e maio de 2022 para boa parte das Regiões Sudeste, Centro-Oeste, Norte e Nordeste com maiores anomalias sobre o Amapá, Pará e Amazonas. Por outro lado, a chuva continuará abaixo da média na Região Sul e em parte de Mato Grosso do Sul, com maiores desvios negativos na divisa do Paraná com Mato Grosso do Sul.

No norte do Nordeste também há previsão de chuva abaixo da média, mas neste caso não há influência do La Niña, mas sim da temperatura do Atlântico desfavorável à migração do sistema meteorológico chamado de Zona de Convergência Intertropical. De uma forma geral, a temperatura permanecerá próxima da média histórica na maior parte do país. O calor será mais intenso apenas no norte do Nordeste.

Previsão geral da temperatura

A temperatura permanece acima da média, embora eventualmente ocorra queda acentuada de temperatura. Um primeiro declínio com características de outono acontecerá em meados de março.

Previsão geral da precipitação

Embora o início de março seja mais chuvoso no Rio Grande do Sul, a manutenção do fenômeno La Niña manterá a precipitação abaixo da média na maior parte dos próximos três meses. Apenas em maio, com a chegada de ondas de frio mais intensas, há maior chance de chuva forte sobre todo o território gaúcho.

* Com informações do Irga


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.