RS: Dia de Campo sobre Olivicultura ocorre em Caçapava do Sul
CI
Imagem: Divulgação
AGRICULTURA

RS: Dia de Campo sobre Olivicultura ocorre em Caçapava do Sul

Aconteceu na sexta-feira passada (03/09), um Dia de Campo sobre Olivicultura em Caçapava do Sul
Por:

Aconteceu na sexta-feira passada (03/09), um Dia de Campo sobre Olivicultura em Caçapava do Sul, na propriedade do produtor de azeites Marcelo Costi. Mediado pelo extensionista rural Edison Dornelles, do Escritório Regional da Emater/RS-Ascar de Bagé, contou com a presença de produtores de Encruzilhada do Sul, Santa Margarida do Sul e São Gabriel. Também teve a participação do engenheiro agrônomo Antônio Conte, ex-extensionista rural.

Pela olivicultura ser uma atividade nova no Rio Grande do Sul, o Dia de Campo teve o objetivo de divulgar o manejo empregado na Costi Olivos, já que o produtor vem obtendo produções satisfatórias ao longo dos anos. Os participantes tiveram a oportunidade de interagir com a plantação, observar o Olival, enquanto eram explicadas as técnicas utilizadas no cultivo.

Costi explica, que as visitas tiveram a intenção de mostrar aos produtores interessados e extensionistas rurais o manejo aplicado no pomar, na teoria e na prática. "Em função dos resultados que estamos obtendo e divulgando com o pomar, o pessoal começou a buscar a Emater nas cidades da região de Bagé, e nada melhor do que o produtor e os próprios extensionistas verem de perto o resultado, para entenderem por que está dando certo", observa.

Conte salienta que embora a fruticultura demande tempo para ter informações conclusivas sobre cultivo, a propriedade de Costi já vem dando indicativos em relação a fertilidade do solo e o aporte de adubo nesses quase 14 anos de plantação. Relata que o Dia de Campo mostra o que está se fazendo e o que se fez no pomar, o registro anual dos dados de análise foliar e de solo, nas plantas e áreas de referência.

"O produtor com essas informações, pode tomar decisões do que quer e quanto gostaria de plantar, que tipo de expectativa pode ter em relação a receita e o tempo que levaria para que essa atividade se apresente economicamente viável ou ao menos amenize os investimentos feitos para iniciar e dar lucro", explica.

O técnico agrícola Marco Antônio Santos, de Encruzilhada do Sul, relata que o Dia de Campo ajuda os produtores a sanarem dúvidas que tenham na condução dos seus Olivais. Sendo a maior área plantada de olivicultura no Brasil, o município vem crescendo com o cultivo de olivas. "Essa troca de informação entre técnicos e produtores agrega muito a atividade, no brasil não tem muito estudo e conhecimento e vendo esse manejo diferenciado, principalmente na adubação, os produtores podem vir a adequar essa tecnologia lá nos seus pomares", analisa Santos.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.