RS: produção de alfafa é incentivada em Dezesseis de Novembro
CI
Imagem: Divulgação
AGRICULTURA

RS: produção de alfafa é incentivada em Dezesseis de Novembro

O programa tem se consolidado como importante estímulo à produção da forrageira
Por:

Como forma de promover a geração de renda de produtores locais, o Programa Municipal de Incentivo à Produção de Alfafa é promovido em Dezesseis de Novembro com o engajamento de diversas entidades, com destaque para a Prefeitura, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, Emater/RS-Ascar, Coopatrigo, Cresol, Sicredi e Sindicato dos Trabalhadores Rurais. O programa, que iniciou em 2013, tem se consolidado como importante estímulo à produção da forrageira, que ocupa 400 hectares em Dezesseis de Novembro.

O vice-prefeito de Dezesseis de Novembro, Darci Colbek, destaca que o programa busca "apoiar o produtor nessa atividade de tamanha importância para o município, visando o aumento da renda, com redução de custos para o produtor, uma vez que a proposta é que a Prefeitura subsidie os juros dos financiamentos". O produtor tem dois anos para fazer o pagamento, com limite de financiamento de até três hectares, via agências financeiras locais. Colbek destaca que o objetivo também é incentivar a permanência do agricultor na atividade, uma vez que o município possui aptidão histórica para a produção da forrageira, já tendo sido conhecida como Capital da Alfafa.

A Emater/RS-Ascar, vinculada à Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária e
Desenvolvimento Rural (Seapdr), auxilia os produtores com a elaboração de projetos técnicos e de crédito, bem como com assistência técnica. A extensionista Inajara Martins Batista destaca que o principal destino da alfafa produzida em Dezesseis de Novembro é a alimentação de equinos em haras, bem como bovinos de leite de diversas regiões do Estado e do país.

As inscrições dos interessados em acessar o Programa Municipal de Incentivo
à Produção de Alfafa podem ser realizadas na Secretaria de Agricultura, até o dia 15 de maio de 2021.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink