RS anuncia repasse de R$ 1,4 milhão a produtores atingidos pela seca

Agronegócio

RS anuncia repasse de R$ 1,4 milhão a produtores atingidos pela seca

O governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto, anunciou ontem as medidas
Por:
1 acessos

Em audiência com o presidente da Fetag, Ezídio Pinheiro, e representantes regionais da instituição, o governador Germano Rigotto anunciou, ontem (21-03) à tarde, no Palácio Piratini, que os produtores rurais atingidos pela seca terão R$ 1,4 milhão, a partir de segunda-feira, para a compra de semente forrageira, que suprirá a falta de pasto para o gado. O dinheiro, a ser repassado aos sindicatos representativos dos agricultores, faz parte das 11 reivindicações da categoria atendidas pelo governo do Estado, de um total de 12 pedidos.

No encontro de hoje, Rigotto reafirmou que a única solicitação ainda pendente depende da conclusão de levantamento, pelos municípios, para identificar os agricultores sem amparo de programas estaduais ou federais, aos quais deverão ser repassados recursos de um fundo emergencial, que está sendo formatado pelo Estado e a União. O dinheiro viria do Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT) e seria depois reembolsado pelo Estado. O assunto será tratado pelo governador amanhã (22), em Brasília, em reunião que terá com a área econômica do governo federal. A criação do fundo está sendo planejada por uma comissão formada por representantes dos governos federal e estadual e da Famurs, que vem se reunindo regularmente. O prazo de 14 dias estipulado para a definição vai até o próximo dia 29.

Troca-troca

Rigotto conversou também com os produtores sobre o rebate do programa Troca-troca de sementes, já confirmado e que custará ao Estado a aplicação de mais de R$ 23 milhões, contra R$ 17 milhões investidos no ano passado. Falta apenas estabelecer o índice. Para o governador, o ideal seria a isenção de 100% na safrinha do milho e de 75% na safra. Já os agricultores sugerem 80% para ambas.

Além disso, Rigotto lembrou que já foram gastos mais de R$ 8 milhões em redes de água, construção de açudes e perfuração de poços e que serão investidos outros R$ 8 milhões em mais obras para obtenção de água. "Temos 380 equipamentos trabalhando em tempo integral e contamos com auxílio do Corpo de Bombeiros e do Exército, para o abastecimento por caminhão-pipa em locais onde os serviços não estejam concluídos", disse. Outra medida citada foi a prorrogação do vencimento das parcelas de financiamentos aos produtores.

"Nossa pauta com o governo do Estado está fechada. Falta apenas definir o percentual de desconto no Troca-troca", afirmou Ezídio Pinheiro. Participaram também da audiência o secretário da Agricultura e Abastecimento, Odacir Klein, e os deputados estaduais Édson Brum, Elvino Bohn Gass e Heitor Schuch.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink