RS apresenta melhorias na fiscalização de cargas nos postos de fronteira

Agronegócio

RS apresenta melhorias na fiscalização de cargas nos postos de fronteira

O trabalho no interior do Estado também ocorre por meio das Supervisões Regionais
Por:
497 acessos

O Governo do Estado, por meio do Departamento de Produção Vegetal (DPV), da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Pesca e Agronegócio do RS (Seappa), segue atuando fortemente na fiscalização das cargas de origem vegetal que passam pelos cinco Postos Fiscais localizados em municípios de fronteira. O trabalho no interior do Estado também ocorre por meio das Supervisões Regionais.

A liberação das cargas vegetais é feita mediante a emissão da Permissão de Transporte de Vegetais (PTV). Tal documento atesta as condições fitossanitárias dos produtos que estão saindo do Estado. Torres, Vacaria, Goioen (Nonoai), Marcelino Ramos e Iraí são os municípios de fronteira que possuem Postos Fiscais, sendo o primeiro o mais novo.

De acordo com o técnico do DPV Paulo César Olovate, Vacaria "é o posto que concentra entre 65% a 70% do trabalho de fiscalização e emissão de PTVs". Nessa fronteira, também ocorrem as coletas de amostra fiscal de vinhos e de derivados da uva e do vinho, que são analisadas pelo Laboratório de Referência Enológia do Estado.

Além da construção de sedes novas para Torres e Marcelino Ramos, os demais Postos Fiscais receberam melhorias pelo Governo do Estado, seja de infraestrutura, com reforma dos espaços físicos , seja pela informatização, com aquisição de computadores e instalação de Internet. Todas essas ações integram o Programa Estruturante Terra Grande do Sul, que visa à modernização da defesa agropecuária.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink