RS Biodiversidade realiza Dia de Campo em Maçambará
CI
Agronegócio

RS Biodiversidade realiza Dia de Campo em Maçambará

Evento ocorreu na sexta-feira (27.11)
Por:

Na última sexta-feira (27.11) foi realizado o Dia de Campo do Projeto RS Biodiversidade, em Maçambará, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul. A atividade foi realizada pela Emater/RS-Ascar, na propriedade do pecuarista familiar, Antônio Eder Martins Melo, localizada na Serra do Iguariaçá. O evento reuniu mais de 70 pessoas, entre produtores, técnicos e estudantes.

O engenheiro agrônomo da Emater/RS-Ascar, Leonardo Carneiro, ministrou a primeira palestra, sobre o Projeto RS Biodiversidade. Ele explicou como o projeto foi executado e a divisão de uma área de 15 hectares em 15 piquetes, definida pelo pecuarista. Além disso, o agrônomo falou sobre a importância da conservação do solo, em especial, neste ano determinado pela Organização das Nações Unidas como Ano Internacional dos Solos. "Junto com a divisão da área de campo nativo em piquetes, será isolada dos animais uma área de 1,5 hectares, que possui voçorocas de até dois metros, ocasionadas pelo manejo desfavorável do solo durante trinta anos, e realizado plantio de espécies florestais na tentativa de recuperação e contenção da erosão", contou ele.

Na sequência, o técnico agrícola da Emater/RS-Ascar, Hugo Mendes, palestrou sobre Conceito, Vantagens e Práticas de Melhoramento de Campo Nativo. O técnico também demonstrou, na prática, como se realiza o ajuste de carga animal para controle de pastejo. Finalizando, a extensionista social da Emater/RS-Ascar, Gisele Dorneles Alves, falou sobre o Novembro Azul, destacando a importância do cuidado na saúde do homem e em especial o exame de próstata, uma das principais doenças entre os homens, e que se diagnosticado cedo tem maiores chances de cura. 

De acordo com Carneiro, apesar do Projeto RS Biodiversidade estar encerrando em fevereiro do próximo ano, os três subprojetos implantados no município serão transformados em Unidades Demonstrativas, para que as capacitações de Pecuaristas Familiares não se interrompam. "O trabalho de manejo e conservação da biodiversidade do Bioma Pampa, incentivando a produção sustentável, está apenas iniciando no município", justificou ele.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.