RS finaliza colheita de feijão da safra das águas
CI
Agronegócio

RS finaliza colheita de feijão da safra das águas

Restam apenas 4% para serem retirados das lavouras no Rio Grande do Sul
Por: -Admin

Faltam apenas 4% para o término da colheita do feijão da safra das águas, no Rio Grande do Sul. A qualidade permanece boa e a produtividade mantendo as últimas estimativas. As condições climáticas do período foram semelhantes as anteriores registradas no mês de fevereiro, com boa periodicidade e volumes de chuvas. Isso possibilitou uma safra sem grandes preocupações aos agricultores, com exceção de apenas uma pequena deficiência de chuvas em pontos isolados no início de floração de algumas lavouras.

A comercialização que vinha letárgica e com preços muito baixos no mercado, nessa semana registrou alguns pontos de aumento, basicamente em decorrência da abertura de aquisição do Governo Federal na modalidade de AGF, de até 100 sacas por agricultor e pelo valor mínimo de R$ 47,00/saca. A medida deverá aquecer um pouco o mercado atacadista, como já se registrou na média da semana, com 4,64% acima do valor da semana anterior, chegando nos R$ 37,20/sc, mesmo assim, ainda considerado muito baixo.

A 2ª safra que vem sendo implantada no Estado, e em boas condições de desenvolvimento, não dá mostras de readequação de área para plantio pelos agricultores, em razão dos baixos preços deste grão no mercado, mantendo-se, até o momento, uma redução de quase 23% em relação à passada.

As atuais fases da lavoura da 2ª safra apontam os percentuais de 90% já semeados, sendo que 68% em germinação e desenvolvimento vegetativo, 18% em floração e 4% em enchimento de grãos.

A primeira estimativa de produção da 2ª safra de feijão do RS, efetuada pela Emater/RS, aponta para uma produtividade média estadual de 1.015 kg/ha, que projetada sobre a 1ª estimativa de área já divulgada (22.902 ha), gerará uma produção de 23.246 toneladas de feijão no Estado. As informações são da assessoria de imprensa da Emater/RS.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink