RS inicia colheita nas lavouras de trigo plantadas no cedo

Agronegócio

RS inicia colheita nas lavouras de trigo plantadas no cedo

Na Região Celeiro começam a ser colhidas as primeiras lavouras desta safra
Por: -Giuliano
155 acessos

O trigo encerra a semana em condições melhores que quando começou. O bom tempo no Rio Grande do Sul verificado no período ajudou na recuperação das lavouras, que retomaram o seu desenvolvimento normal após as pesadas chuvas ocorridas. Devido à maior insolação e ao aumento da temperatura, as mesmas começam a entrar em fase de maturação em maior número, fazendo com que o percentual referente a essa fase chega aos 8%.

Na Região Celeiro, onde a cultura inicia o seu plantio mais no cedo, começam a ser colhidas as primeiras lavouras desta safra. Segundo o Escritório Municipal de Tenente Portela, as lavouras cultivadas com as variedades “Peladinho” e Codetec 205 vêm apresentando produtividades próximas dos 1.800 kg/ha, com pH ao redor de 76. Nas demais regiões, os trabalhos estão mais focados na prevenção de doenças fúngicas, com os produtores retomando as aplicações (a segunda na maioria dos casos) de fungicidas contra manchas foliares e algumas como prevenção à giberela.

Diante da pequena área colhida, é prematuro tomar essa produtividade (e qualidade) como referência para a atual safra. Segundo as informações recebidas através do Acompanhamento Quinzenal sobre as Condições das Culturas, apesar dos contratempos enfrentados com as recentes chuvas, a cultura ainda apresenta, de maneira geral, potencial médio superior ao previsto inicialmente, podendo ficar próximo dos 2 mil kg/ha. A primeira revisão quanto à produtividade média e a conseqüente produção em nível estadual deverá ser finalizada na próxima semana.

Durante a semana, a comercialização esteve praticamente parada, com pouca procura por parte dos moinhos. Com estoques garantidos para as próximas semanas, estes aguardam a entrada da safra nova, especulando na estabilização dos preços. No mercado local, o pouco volume comercializado ficou cotado, para o produtor, em R$ 29,09 por saca de 60 kg. O aumento foi de 0,31% em relação à semana passada (R$ 29,00). As informações são da assessoria de imprensa da Emater/RS.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink