RS já conta com seis usinas de biodiesel licenciadas

Agronegócio

RS já conta com seis usinas de biodiesel licenciadas

Entre as licenças de operação concedidas figura a da Brasil Ecodiesel, em Rosário do Sul, inaugurada na última sexta-feira
Por: -Giuliano
82 acessos

Nos últimos seis meses, a Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) concedeu seis licenças para a implantação de usinas de biodiesel no Rio Grande do Sul. Deste total, três foram licenças de operação (LO), que autorizaram o início das atividades da empresa; uma licença de instalação (LI) permitindo o início das obras e uma licença prévia (LP), possibilitando o detalhamento do projeto.

Entre as licenças de operação concedidas figura a da Brasil Ecodiesel, em Rosário do Sul, inaugurada na última sexta-feira (06-07) pela governadora Yeda Crusius. A maior usina de biodiesel implantada no Estado e a segunda neste ramo de atividade, começa com uma capacidade produtiva mensal de 10,8 milhões de litros de biodiesel metílico ou 7,56 milhões de litros de biodiesel etílico, além de 1,5 milhão de litros de glicerina, 200 mil kg de ácidos graxos e 15 mil kg de sais.

A primeira usina de biodiesel a obter LO no Estado foi a Oleoplan, Óleos Vegetais Planalto, de Veranópolis, em março de 2007, para a extração de óleos vegetais e produção de biodiesel. A empresa tem capacidade de processamento mensal de 15.000 t de soja, produção mensal de 2.700 t de óleo vegetal bruto, 10.500 t de farelo de soja, 800 t de cascas de lecitinas, 8.200 t de biodiesel e 900 t de glicerina, empregando 77 pessoas.

A outra que já possui licença de operação é a BSBios – Indústria e Comércio de Biodiesel Sul Brasil S/A, com sede em Passo Fundo, com capacidade produtiva mensal de nove mil toneladas de biodiesel e 1,1 tonelada de glicerina, empregando 74 funcionários.

Com licença de instalação está a Granol, em Cachoeira do Sul, que deverá empregar 60 pessoas quando entrar em operação, visando uma produção de 9 mil toneladas de biodiesel e uma tonelada de glicerina. As duas usinas com licença prévia são a Tchê Indústria, Comércio e Exportação de Biodiesel, a se instalar em Taquaruçu do Sul e a Petrogreen Representação, Comércio, Comério e Indústria Ltda, a ser instalada em Camargo.

Na próxima semana deverão ser assinadas as licenças prévias para mais duas usinas, ambas a serem implantadas no município de Nova Santa Rita, a Biotec e a Biosul. A Fepam também emitiu licença prévia para a Cooperbio, a primeira usina retificadora de cana-de-açúcar no Estado, que se localizará em Frederico Westphalen e atenderá a produção de micros usinas que irão se instalar na região. As informações são da assessoria de imprensa do governo do Estado do Rio Grande do Sul.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink