Rumos do agronegócio baiano e a importância do Oeste em discussão

Agronegócio

Rumos do agronegócio baiano e a importância do Oeste em discussão

O vice presidente da Aiba, Sérgio Pitt, será um dos palestrantes do seminário “Agenda Bahia: olhando 10 anos à frente
Por:
1830 acessos
O vice presidente da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba), Sérgio Pitt, será um dos palestrantes do seminário “Agenda Bahia: olhando 10 anos à frente”, que a Rede Bahia de Comunicação promove nesta quinta-feira, 25 de novembro, no auditório da Federação das Indústrias do Estado da Bahia (Fieb), em Salvador. Em sua apresentação, Pitt vai abordar os desafios para o crescimento do agronegócio, atividade que responde por mais de 30% do PIB baiano e um terço dos empregos gerados no estado, com ênfase nos entraves ao desenvolvimento pleno da atividade agrícola.

Economista, administrador e produtor rural, com um histórico de mais de 15 anos na Aiba, Pitt irá se concentrar no caso do Oeste da Bahia, uma referência do agronegócio brasileiro, responsável pela produção de 5 milhões de toneladas de grãos, entre soja, milho, algodão e café. Em sua abordagem, ele tratará dos aspectos produtivos, logísticos, ambientais, e dos pontos que vulnerabilizam o produtor, que vão desde a falta de estrutura portuária, a insegurança jurídica, e, ainda, o que ele chama de “gargalo ideológico”, causado pela falta de informação e o pelo preconceito.

“A escolha do tema Agronegócio como um dos tópicos do Agenda Bahia mostra que a importância deste setor começa a ser entendida pelo cidadão urbano. Mas, ainda falta muito. As pessoas mal sabem de onde vem o alimento que consomem ou a roupa que usam e por isso não têm idéia do quanto suas vidas dependem do campo”, diz o vice presidente da Aiba.

O Agenda Bahia tem como tópicos, além do Agronegócio, Infraestrutura, Sustentabilidade e Turismo. A programação terá início às 9h. A entrada é franca.

As informações são da assessoria de imprensa da Associação de Agricultores e Irrigantes da Bahia (Aiba).
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink