Ruralistas pedem liberação do milho transgênico
CI
Agronegócio

Ruralistas pedem liberação do milho transgênico

Entidades fizeram abaixo-assinado pedindo a lideração do cultivo do milho transgênico no país
Por:

Uma comissão de representantes de entidades do setor agrícola entregaram nessa terça-feira (20-03) ao deputado federal Darcísio Perondi (PMDB-RS), abaixo-assinado com adesão de mais de 30 mil agricultores, pedindo a lideração do cultivo do milho transgênico no país. O documento foi endossado pela comitiva ponta-grossense, formada por José Fernando de Paula, do Núcleo Sindical Rural dos Campos Gerais, e Luiz Eduardo Pilatti Rosas e Douglas Taques Fonseca, da Sociedade Rutal dos Campos Gerais. Perondi se encarregou de passar o abaixo-assinado ao presidente da Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio), Walter Colli, durante audiência pública no auditório Interlegis do Senado, em Brasília, onde foram discutidos os pedidos de liberação comercial de milho geneticamente modificado.

Para Perondi, o abaixo-assinado chega com 10 anos de atraso. “Este documento representa muito emprego e riqueza”, declarou o deputado. Os produtores que participaram do abaixo-assinado defendem o direito de escolha ao plantio de sementes de milho geneticamente modificadas e contam com o apoio da Associação Brasileira de Sementes e Mudas (Abrasem). Para Ivo Carraro, um dos diretores da Abrasem e representante da Coodetec – Cooperativa Central de Pesquisa Agrícola, já está na hora dos benefícios da tecnologia serem aproveitados pelos agricultores brasileiros, e estas assinaturas são a prova desta necessidade.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink