Russos querem automatizar equipamentos agrícolas
CI
Imagem: Marcel Oliveira
TECNOLOGIA

Russos querem automatizar equipamentos agrícolas

“Não deveria haver crianças famintas no mundo moderno!”
Por: -Leonardo Gottems

Uma empresa Russa está montando projetos para automatizar os equipamentos agrícolas, segundo o portal norte-americano agriculture.com. Criado em uma família de matemáticos, você pode dizer que o desenvolvimento da inteligência artificial (IA) está no genoma de Olga Uskova. 

Seu pai, Anatoly Uskov, estava na primeira equipe de desenvolvedores de programas de IA no System Research Institute da Academia Russa de Ciências da União Soviética. O grupo desenvolveu Kaissa, um programa que se tornou o campeão mundial de xadrez por computador em 1974. Engenheira cibernética, sua mãe criou os primeiros modelos de software para o desenvolvimento de pontes. 

Conhecida como “A Mãe da IA Russa”, Uskova é uma das principais mulheres empresárias de tecnologia do país. Como CEO da Cognitive Pilot, ela acredita que a IA oferece uma solução para muitos problemas enfrentados pela agricultura. O foco da empresa na agricultura, diz Uskova, é orientado por três princípios básicos. 

“Por mais dramática que seja a situação mundial atual (por exemplo, pandemias, guerras, catástrofes, etc.), a questão mais importante para a existência da humanidade é a segurança alimentar”, diz ela. “Não deveria haver crianças famintas no mundo moderno!”, completa. 

Os principais entraves, acredita Uskova, estão relacionados a fatores como condições de trabalho de risco, falta de pessoal qualificado, fechamento de fronteiras em decorrência de pandemias ou guerras e impossibilidade de migração de mão de obra, etc. “A robotização é a saída natural e a solução certa para reduzir a dependência da indústria do fator humano”, afirma. 

A intelectualização do maquinário agrícola, auxiliado por sistemas neurais baseados em IA, os transforma de objetos de trabalho em sujeitos de trabalho que podem compreender e tomar as decisões corretas. “Com a ajuda de tais sistemas, as pessoas obtêm ajudantes estáveis e eficazes para fazer o trabalho de rotina, desagradável e exaustivo”, diz Uskova. 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink