Sabarálcool expande seu sistema de fertirrigação no PR

Agronegócio

Sabarálcool expande seu sistema de fertirrigação no PR

Projeto prevê ampliação da área fertirrigada na unidade matriz em Engenehiro Beltrão (PR) para 2,1 mil hectares
Por:
5 acessos

A Sabarálcool Açúcar e Álcool, com sede em Engenheiro Beltrão, região Centro Oeste do Paraná, prevê uma ampliação significativa do seu sistema de fertirrigação para este ano. A informação é de Victor Vicari Rezende, Diretor Agrícola da empresa. Segundo ele, hoje, apenas na unidade matriz, em Engenheiro Beltrão, são fertirrigados cerca de 1,4 mil hectares de solo. Com a expansão, o número deve saltar para 2,1 mil hectares. Enquanto isso, na filial, região de Umuarama, dos atuais 750 hectares, a ampliação deve atingir no futuro entre 900 e 1,1 mil hectares. Quem ganha com isso é o meio ambiente, uma vez que produtos químicos deixam de ser inseridos ao solo para dar lugar à vinhaça - resíduo extraído da indústria de álcool e, altamente rico em potássio.

O projeto também prevê segurança ao meio ambiente. Se por um lado a vinhaça substitui naturalmente os adubos químicos, por outro, ela permanecerá isolada de matas, rios e lagos da região. Para isso, canais deverão ser construídos em locais estratégicos, protegidos ainda com curvas de nível seguras a fim de se evitar qualquer tipo de incidente.

O plano de expansão atingirá as duas unidades da Sabarálcool. Na matriz acontecerá em áreas onde a cana já é cultivada. Enquanto isso, na filial, a ampliação se dará em áreas novas de plantio, que são vizinhas às áreas já irrigadas. Desta forma, na matriz, a ampliação será de aproximadamente 800 hectares e na filial entre 200 e 400 hectares.

Outro importante aspecto está na tecnologia empregada. De acordo com Rezende, na matriz, uma nova linha adutora levará a vinhaça na direção do patrimônio de Triângulo. Um novo conjunto motobomba com capacidade para alimentar dois rolões de uma só vez também foi adquirido. Isso permitirá maior agilidade e maior capacidade de irrigação em um mesmo período de tempo. Todos os componentes são de tecnologia de ponta e com altíssimo grau de segurança, eliminando assim qualquer risco de acidente ambiental.

Com a ampliação, a Sabarálcool poderá reduzir o custo da fertilização das lavouras e consequentemente, da cana, visto que as áreas de vinhaça recebem apenas complementação de nitrogênio e fósforo, enquanto nas áreas sem vinhaça é fornecido via adubação química. O projeto é tão rentável que seu re-pagamento dá-se em duas safras apenas (matriz). Na filial o re-pagamento é na mesma safra.

A vinhaça, até o início dos anos 80, não possuía serventia alguma. No entanto, após ser analisada por especialistas, descobriu-se que sua utilização em canaviais aumenta significativamente a produtividade das variedades de cana. A vinhaça sai da indústria através de tubulações até o campo, onde fica depositada em canais próximos aos canaviais. A técnica é desenvolvida pela usina há mais de 15 anos. O resíduo é pressionado até chegar a um grande carretel - conhecido como rolão - que irá realizar a irrigação da vinhaça nos canaviais. É neste momento em que o solo absorve o composto, gerando mais força e resistência à cana-de-açúcar. Dados indicam que cada litro de álcool produzido na Usina resulta 14 litros de vinhaça.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink