Sabores brasileiros conquistam frequentadores da feira em Paris
CI
Agronegócio

Sabores brasileiros conquistam frequentadores da feira em Paris

Pavilhão apresentando produtos brasileiros foi um dos destaques da SIAL, que é a maior feira de alimentos do Mundo
Por:
Pavilhão apresentando produtos brasileiros foi um dos destaques da SIAL, que é a maior feira de alimentos do Mundo

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) e a Associação Brasileira de Exportadores e Importadores de Bebidas e Alimentos levaram 82 empresas brasileiras no Salon International de l’Alimentation (SIAL 2012) que ocorre desde 21 de outubro e termina nesta quinta-feira,. Entre as empresas brasileiras participam Maricota, Forno de Minas, Cereser, Sakura, Cultiverde, Purea e Ocean Par, entre 13 segmentos da indústria nacional.


O SIAL é o principal evento mundial do setor de alimentos e bebidas, e é realizado a cada dois anos em Paris (França). Deve receber cerca de 140 mil visitantes – todos profissionais da indústria de alimentos – que conhecerão os produtos, lançamentos e tendências ofertados por seis mil expositores, provenientes de 100 países.

Segundo Raquel Salgado, presidente-executiva da ABBA, o objetivo da entidade nesta feira é mostrar os produtos brasileiros que estão ganhando destaque nas exportações, dentro do programa Brazilian Flavors, promovendo sabores específicos da culinária nacional. Um exemplo muito bem sucedido nas exportações é o pão de queijo, que vem ganhando o mundo, conquistando paladares na América, Europa e na Comunidade Árabe.

De acordo com a Apex, os estandes do Brasil ficarão localizados em três pavilhões da feira e ocuparão uma área de 1,6 mil metros quadrados no SIAL. Será utilizada uma comunicação visual única que identificará a presença brasileira no evento, apoiada no slogan “Brasil. Um país, muitos sabores”.


Este ano, serão promovidas rodadas de negócios entre as empresas brasileiras e 26 compradores pré-selecionados, vindos de países do norte da África (Egito, Marrocos e Tunísia), do Oriente Médio (Arábia Saudita) e também do Leste Europeu (Romênia), a convite da Agência.

Força da indústria brasileira
As exportações brasileiras de produtos do agronegócio, de alimentos e bebidas cresceram 28,98% em 2011 em relação ao ano anterior, chegando a US$ 76,9 bilhões. Com esse resultado, o Brasil conquistou o terceiro lugar no ranking mundial dos maiores exportadores destes produtos, segundo dados do GTIS (Global Trade International System).

Ainda de acordo com o GTIS, entre 2007 e 2011, as exportações brasileiras destes produtos tiveram uma taxa média de crescimento de 18,09%, a mais alta entre os cinco maiores exportadores mundiais de produtos do agronegócio, alimentos e bebidas. Com uma grande diversificação, os produtos brasileiros do setor chegaram aos consumidores de mais de 200 países no ano passado.


Em 2011, o Brasil exportou 402 produtos do grupo de alimentos e bebidas industrializados. Os principais mercados de destino das exportações brasileiras de alimentos e bebidas são atualmente: China, Países Baixos, Rússia, Estados Unidos, Japão, Alemanha, Arábia Saudita, Venezuela, Espanha e Irã.

Projetos Setoriais da Apex-Brasil
A Apex-Brasil desenvolve 18 projetos em parceria com entidades setoriais de setores de agronegócio, alimentos e bebidas, dos quais participam 748 empresas, que exportaram em US$ 16,16 bilhões em 2011. De janeiro a agosto de 2012, as exportações desse grupo de empresas chegaram a US$ 9,92 bilhões.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink