Saem as regras do novo leilão de café


Agronegócio

Saem as regras do novo leilão de café

Por:
2 acessos

Serão ofertadas opções para a compra de 3 milhões de sacas. O governo brasileiro já finalizou os detalhes para o novo programa de opções de compra de café para a safra 2003/2004 (julho/junho). A notícia provocou alta nos preços do café na Coffee, Sugar and Cocoa Exchange (CSCE). Os contratos para julho subiram 1,66%, e fecharam cotados a 60,90 centavos de dólar por libra-peso em Nova York.

O programa, adotado no segundo semestre de 2002, foi apontado, na época, como um dos principais motivos de sustentação dos preços no mercado internacional.

Jaime Payne, chefe do departamento de café do Ministério da Agricultura, informou que o governo pretende leiloar opções para a compra de 3 milhões de sacas de café, divididas em 2,2 milhões de sacas de arábica e 800 mil sacas de robusta. Por meio do programa, o produtor compra o direito de vender café para o governo por um preço pré-determinado e com entrega em período pré-acertado. Na época da liquidação do contrato, o agricultor pode optar entre entregar o café para o governo ou vendê-lo no mercado.

De acordo com a proposta, o governo pretende ofertar, em setembro, 1,5 milhão de sacas de café, entre arábica - ao preço de R$ 220 a saca - e robusta, a R$ 121 a saca. O outro leilão deve ocorrer em novembro, quando os produtores poderão comprar o direito de vender ao governo ao preço mínimo de R$ 230 para o café arábica e de R$ 126 para o robusta. O programa funciona como uma forma moderna de determinar preços mínimos para o café. O exercício das opções deverá ser para os meses de março, junho, setembro e dezembro do próximo ano.

O programa de leilão de opções ainda precisa ser aprovado pelo Conselho Monetário Nacional. O CMN deve se reunir no final de abril, mas poderá convocar encontro extraordinário para aprovar o plano. O governo pretende iniciar os leilões de opção quinze dias após a aprovação.

"Nossa intenção é oferecer um patamar de sustentação para os preços do café neste ano e nos próximos", disse Payne.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink