SAF/MDA e FAO discutem políticas públicas brasileiras

Agronegócio

SAF/MDA e FAO discutem políticas públicas brasileiras

Reunião discutiu defesa dos interesses dos agricultores familiares
Por: -Marianna
1517 acessos
O secretário de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário(MDA), Laudemir Müller, se reuniu na tarde desta quarta-feira (9), em Brasília (DF), com os representantes da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) do Chile, Adoniram Peraci e Fernando Souto. O objetivo foi discutir com a entidade internacional as diferentes políticas públicas criadas pelo governo brasileiro em defesa dos interesses dos agricultores familiares.


Estiveram presentes na reunião os diretores do Departamento de Assistência Técnica e Extensão Rural (DATER), Argileu Martins da Silva; e do Departamento de Financiamento e Proteção da Produção (DFPP), João Luiz Guadagnin; e o coordenador do Programa Mais Alimentos, Hercílio Matos.

Foram apresentados temas de interesse da FAO referentes aos programas e políticas criadas pelo MDA, dentre elas, o Programa Mais Alimentos, as atividades de apoio ao agricultores do serviço de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), as linhas de crédito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e as políticas de Agregação de Valor e Renda e de Comercialização. “A junção de todas essas nossas políticas têm ajudado a valorizar o preço dos alimentos dos agricultores e cooperado para o fortalecimento da comercialização dos produtos no mercado interno e externo”, afirmou Laudemir Müller.


Müller também falou sobre o preço dos alimentos e como os programas do MDA tem contribuído com a inserção dos produtos da agricultura familiar na mesa dos brasileiros. Atualmente, cerca de 70% da mesa brasileira é composta por alimentos provenientes da agricultura familiar.

No final da reunião, os representantes da FAO demonstraram interesse em levar as políticas e programas do Brasil para os países da América Latina. A entidade irá contar com o apoio da SAF/MDA na formulação das políticas públicas em construção pela FAO voltada para esses países.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink