Safra de gergelim inicia no norte de Goiás

Agronegócio

Safra de gergelim inicia no norte de Goiás

O grão é muito utilizado para a fabricação de óleo e na massa do pão
Por:
1192 acessos

É época da colheita do gergelim no norte de Goiás. O grão é muito utilizado para a fabricação de óleo e na massa do pão.

No norte goiano, a colheita do gergelim ainda é feita manualmente. “Para mim é a maior satisfação”, disse o trabalhador rural Dorvalino Carvalho.

O ciclo do gergelim dura cem dias. A colheita não é muito simples. É preciso cortar os pés ainda verdes e depois formar os montes, chamados de bandeiras. As vagens ficam viradas para cima. Só depois de um mês é que o pessoal volta para terminar o trabalho. O sol durante esse período é fundamental.

Quando as vagens estão secas os grãos ficam soltos e fáceis de retirar. O pessoal usa uma lona, um pedaço de pau e uma corda.

O gergelim também é cultivado em Santa Teresa e Mara Rosa. Mas a grande produção do grão fica por conta do assentamento Água Fria, no município de Amaralina, no norte do Estado.

Praticamente todas as famílias que vivem no lugar separam parte da parcela para o plantio do gergelim, principal fonte de renda. De hectare em hectare, já são mais de 580.

Nas terras do agricultor Marton Gonçalves a colheita já está no fim. Essa é quarta safra dele. O produtor lembra que antes de trabalhar com gergelim, passou aperto tentando outras fontes de renda. “Era muito difícil. Eu mexia com vaca leiteira. Minha renda era muito pouca. Depois que passei a mexer com gergelim, as coisas começaram a melhorar”, disse.

O gergelim tem uma produtividade média de 1,2 mil quilos por hectare.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink