Safra de grãos deve recuar 7,5% em relação à de 2008, diz IBGE

Agronegócio

Safra de grãos deve recuar 7,5% em relação à de 2008, diz IBGE

O recuo apontado pelo Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) de maio é maior do que o estimado em abril (6,8%)
Por:
234 acessos

A estimativa da safra de grãos para 2009, divulgada hoje (8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), manteve a previsão de queda na produção brasileira de cereais, leguminosas e oleaginosas. O prognóstico indica que devem ser colhidos 135 milhões de toneladas este ano, um volume 7,5% inferior ao obtido no ano passado, quando a produção atingiu 145,8 milhões de toneladas.

O recuo apontado pelo Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) de maio é maior do que o estimado em abril (6,8%).

De acordo com o documento, a área plantada deve chegar a 47,2 milhões de hectares. Os destaques são as plantações de soja, com aumento de 2,1%, de arroz, cuja produção deve ter expansão de 1,9%, e milho, única que deve ter redução (-3,6%) em relação ao ano anterior. Juntos, esses três produtos respondem por 81,7% da área plantada em todo o país.

Entre os 25 produtos pesquisados, dez apresentam alta em relação à produção de 2008, principalmente amendoim em casca segunda safra (14,2%), arroz em casca (5,8%), aveia em grão (12,2%), cacau em amêndoa (1,3%), cana-de-açúcar (6,4%), cebola (8,0%), feijão em grão primeira safra (7,0%), feijão em grão segunda safra (8,7%), laranja (0,7%) e mandioca (3,6%).

Por outro lado, as quedas mais intensas devem ser observadas nas produções de algodão herbáceo em caroço (-24,3%), mamona em baga (-19,4%), café em grão (-13,8%), milho em grão primeira safra (-16,2%) e trigo em grão (-2,9%).

O levantamento prevê ainda queda na produção em todas as regiões: Sul (-11,9%), Centro-Oeste (-5,4%), Sudeste (-4,2%), Nordeste (-1,3%) e Norte (-1,5%).


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink