Safra de grãos deverá atingir 29,2 milhões de toneladas no PR

Agronegócio

Safra de grãos deverá atingir 29,2 milhões de toneladas no PR

Os produtores estão finalizando a colheita do trigo, situação que está permitindo à Secretaria da Agricultura consolidar os resultados da safra 2006/07
Por:
581 acessos

Os produtores estão finalizando a colheita do trigo no Paraná, situação que está permitindo à Secretaria da Agricultura e do Abastecimento consolidar efetivamente os resultados da safra 2006/07 no Estado. Somando a produção de grãos de verão da primeira e segunda safra e mais os grãos de inverno, a produção total deverá atingir 29,2 milhões de toneladas de grãos, volume 21,7% maior que a safra anterior.

O trigo é o principal cereal de inverno colhido no Paraná, sendo que entre 85% a 90% das lavouras já foram colhidas, sinalizando para uma produção 55% maior em relação à anterior, passando de 1,2 milhão de toneladas produzidas na safra passada para 1,86 milhão de toneladas produzidas este ano.

Ao contrário das demais culturas, onde o tempo seco que predominou entre agosto e setembro retardou o plantio ou até provocou redução de área plantada, como no caso do feijão da primeira safra, o período sem chuvas favoreceu extremamente as lavouras de trigo no Estado.

O clima contribuiu tanto no aumento de produção como na qualidade do trigo que está sendo colhido, informou Francisco Simioni, diretor do Departamento de Economia Rural (Deral). “O tempo seco reduziu a incidência de doenças e favoreceu o potencial produtivo das lavouras”, explicou.

Além do clima favorável, os produtores utilizaram um pacote tecnológico adequado que proporcionou às lavouras de trigo atingirem produtividades de 2.183 quilos por hectare, consideradas acima da média histórica do Estado, observou o engenheiro agrônomo Otmar Hubner, do Deral.

“Tanto esforço está sendo recompensado”, comentou Simioni. Segundo ele, os preços do trigo são os melhores dos últimos anos com retorno satisfatório para cerca de 40 mil produtores do grão existentes no Estado. No final da semana passada o produtor estava recebendo R$ 32,50 a saca de 60 quilos, cotação 25% a mais em relação ao final de outubro de 2006, quando a cotação do trigo era de R$ 26,09 a saca.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink