Sanidade, logística e tributos desafiam suinocultura do MT
CI
Agronegócio

Sanidade, logística e tributos desafiam suinocultura do MT

Apesar de custos mais baixos, Estado tem entraves para a produção de carne suína, aponta o Presidente da Acrismat, Paulo Cézar Lucion
Por:
Apesar de custos mais baixos, Estado tem entraves para a produção de carne suína, aponta o Presidente da Acrismat, Paulo Cézar Lucion


Sanidade, logística e questões tributárias estão entre os desafios da suinocultura do Mato Grosso destacadas pelo Presidente da Associação de Criadores de Suínos do Mato Grosso (Acrismat), Paulo Cézar Lucion, em entrevista exclusiva a TV ABCS News, que acontece durante o XV Seminário Nacional de Desenvolvimento da Suinocultura (SNDS), que acontece até sexta-feira, dia 2 de agosto, em Gramado, no Rio Grande do Sul.


“O Centro Oeste tem suas particularidades, como custos de produção mais baixos, mas, em compensação, temos custos com logística mais elevados. A incidência de impostos no Mato Grosso é um outro desafio para a atividade, uma vez que o Estado ainda não tem um código tributário, mas estas são apenas algumas das demandas dos produtores da região, pois ainda temos a questão sanitária”.  


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.