Santa Catarina amplia presença internacional no mercado de carnes
CI
Carnes

Santa Catarina amplia presença internacional no mercado de carnes

Principais destinos para carne de frango catarinense são Japão, Arábia Saudita e Emirados Árabes
Por:

Santa Catarina respondeu por 60% das exportações brasileiras de carne suína em agosto. Maior produtor nacional de suínos, o estado consolida sua presença do mercado internacional com foco na qualidade dos produtos e na excelência sanitária do rebanho. No último mês, Santa Catarina exportou 37,7 mil toneladas de carne suína, faturando US$ 64,3 milhões.

Os principais mercados para carne suína catarinense em agosto foram China, Hong Kong e Chile. Aliás, a China vem ampliando as compras ao longo do ano – as exportações para o país asiático no mês passado foram três vezes maiores do que eram em agosto de 2017, totalizando 10,4 mil toneladas (27% do total exportado pelo estado no último mês).

Os resultados representam um crescimento de 31,6% em relação à quantidade embarcada no mesmo período de 2017 e uma queda de 2,6% quando se analisa o faturamento. O desempenho das vendas internacionais de carne suína está fortemente relacionado aos investimentos de Santa Catarina na manutenção de seu status sanitário diferenciado – o estado é o único do país reconhecido pela Organização Mundial de Saúde Animal como livre de febre aftosa sem vacinação – e com a crescente demanda mundial por proteína animal.

Carne de Frango

Santa Catarina encerra o mês de agosto também com crescimento nas exportações de carne de frango. No último mês o estado embarcou 155,1 mil toneladas do produto, gerando receitas que passam de US$ 246,6 mil – 41% do total exportado pelo país.

Os valores representam um aumento de, respectivamente, 60,5% e 40,7% na quantidade e faturamento em relação ao mesmo período de 2017. Os principais destinos para carne de frango catarinense são Japão, Arábia Saudita e Emirados Árabes.

Acumulado do ano

O faturamento com as exportações de carne de frango já passa de US$ 1,4 bilhão. De janeiro a agosto, o estado já embarcou 830,4 mil toneladas do produto – 31,5% do total exportado pelo país. Em comparação com o mesmo período de 2017, os resultados representam um aumento de 13,5% nas receitas e de 27,3% na quantidade.   

Santa Catarina também ampliou as exportações de carne suína ao longo do ano. Em 2018, já foram 221,8 mil toneladas enviadas ao mercado internacional com um faturamento de US$ 416,9 milhões. A quantidade é 16,2% maior do que no mesmo período do ano anterior.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink