Santa Catarina quer atrair fumageiras

Agronegócio

Santa Catarina quer atrair fumageiras

Os prefeitos de cidades de Santa Catarina pretendem atrair os investimentos do setor de fumo do Vale do Rio Pardo
Por:
1 acessos

Os prefeitos de cidades de Santa Catarina pretendem atrair os investimentos do setor de fumo do Vale do Rio Pardo que vão sofrer com a redução no repasse de recursos em função no decreto que restringe o uso de créditos de ICMS pelas empresas exportadoras. Um dos exemplos é a cidade de Imbituba. O município chegou a oferecer terrenos e isenção de impostos caso alguma fumageira queira transferir unidades para a cidade catarinense.

O prefeito José Roberto Martins (PSDB) pretende visitar Santa Cruz do Sul. Disse que está buscando o agendamento em função dos problemas com ICMS enfrentados no Rio Grande do Sul pelas empresas do setor de tabaco e devido ao grande número de produtores existentes em Santa Catarina. Ele afirmou ainda que vai tentar junto ao governo do seu Estado incentivos para a instalação das empresas.

O presidente do Sindicato da Indústria do Fumo (Sindifumo), Cláudio Henn, participou esta semana de reunião da Fiergs, em Porto Alegre, para discutir o decreto que trata dos créditos do ICMS. Ele informou que um grupo técnico estuda o texto do projeto de lei de autoria do deputado federal Alceu Collares (PDT) que prevê que o governo federal pague os créditos que deve aos estados.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink