Santa Catarina tem exportação recorde de banana

BANANA

Santa Catarina tem exportação recorde de banana

Principais mercados para a produção de Santa Catarina são Argentina e Uruguai
Por:
38 acessos

Quarto maior produtor de banana do país, Santa Catarina amplia as exportações e conquista o mercado internacional. Em 2018, o estado faturou US$ 20,3 milhões com o embarque de mais de 64,8 mil toneladas de banana – 58% a mais do que no ano anterior. Este é o maior volume registrado desde 2015. Os números estão disponíveis no Boletim Agropecuário elaborado pelo Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola (Epagri/Cepa).

Entre 2017 e 2018, as exportações catarinenses de banana aumentaram 58% no volume e 76% no valor, chegando a US$ 20,3 milhões. Os principais mercados para a produção de Santa Catarina são Argentina e Uruguai.

Bananicultura em Santa Catarina
Santa Catarina conta com cerca de 3.400 bananicultores e mais de 28 mil hectares plantados. A produção se mantém constante no estado e a safra estimada é de 717,7 mil toneladas, com um rendimento de 25,2 toneladas por hectare.

A produção está concentrada no Norte do estado e Vale do Itajaí, principalmente nos municípios de Corupá, Jaraguá do Sul, Massaranduba e Luiz Alves.

Banana mais doce do Brasil
A banana produzida na região de Corupá é considerada a mais doce do Brasil. O reconhecimento do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) é válido para as frutas produzidas nos limites da região formada entre os municípios de Corupá, São Bento do Sul, Schroeder e Jaraguá do Sul.

O INPI reconhece que a banana da região é naturalmente mais doce, devido às características do solo, relevo e clima. Com o slogan “Banana de Corupá: doce por natureza”, a fruta se tornará patrimônio regional e terá um diferencial competitivo.

Com a Indicação Geográfica, os bananicultores da região poderão utilizar o selo de origem em seus produtos, desde que sigam um regulamento de produção e procedência, que dará aos consumidores garantia da qualidade diferenciada da fruta.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink