São Paulo detém 17,6% da produção agrícola nacional

Agronegócio

São Paulo detém 17,6% da produção agrícola nacional

SP é o maior produtor de laranja, cana-de-açucar e banana
Por: -Eduardo Cucolo
18 acessos

O estado de São Paulo detém a maior participação no valor da produção agrícola brasileira (17,6%). É o maior produtor de laranja (80,5%), cana-de-açúcar (60,2%) e banana (17,6%). Também se destaca nos cultivos de batata-inglesa (26,6%), tomate (21,6%), uva (15,5%), milho (11,7%) e café (9,4%). Os dados fazem parte da Pesquisa Agrícola Municipal (PAM) do IBGE, divulgada nesta quarta-feira (22).

Em segundo lugar, ficou Mato Grosso (13,9%), que ultrapassou o Paraná, segundo dados de 2005. Mato Grosso é o maior produtor de algodão herbáceo (45,9%) e soja (34,7%) e importante produtor de arroz (17,2%) e milho (9,9%). Afetados pela estiagem, Paraná e Rio Grande do Sul, terceiro e quinto colocados respectivamente em 2005, perderam uma posição no ranking cada, um em relação a 2004.

Segundo a pesquisa, apesar do aumento de 2% na área plantada – que chegou a 64.312.593 ha em 2005 -, o valor da produção agrícola brasileira foi 14,2% menor que a de 2004, significando uma redução de R$ 13,6 bilhões. Desse total, 80,1% deveram-se à redução dos preços da soja, que responde por 22,8% do valor total da produção agrícola brasileira.

A pesquisa traça um retrato da produção no país. Veja os destaques:

Mais rico: O município de Sapezal (MT) foi o que obteve o maior valor na produção agrícola em 2005. Sapezal é o segundo maior produtor de soja, terceiro maior produtor de algodão herbáceo e quinto maior produtor de milho do país, contribuindo com 1% do valor total gerado pela agricultura brasileira.

Banana: O Brasil é o 2º maior produtor mundial, atrás da Índia. São Paulo continua sendo o primeiro estado produtor. Mas na Bahia, que detém a segunda maior safra, está o município com maior produção de bananas do país, Wenceslau Guimarães.

Café: O país é o maior produtor mundial. Minas Gerais, maior produtor nacional (47%). Destacam-se os municípios de Patrocínio, Três Pontas e Manhuaçú, Rio Paranaíba, Nepomuceno e Campos Gerais. O Espírito Santo, segundo maior produtor, detém 24,9% da produção nacional e seu principal município produtor é Jaguaré.

Cana: O Brasil é o maior produtor de cana-de-açúcar do mundo. Em 2005, praticamente 50% da cana foi transformada em álcool e os outros 50%, em açúcar. São Paulo é responsável por 60,2% da safra nacional. É nesse estado que estão nove dos dez principais municípios brasileiros produtores, com destaque para Morro Agudo. Campos dos Goytacazes (RJ) é o segundo produtor nacional.

Fumo: A produção brasileira de fumo, segunda maior do mundo, concentra-se na região Sul, que responde por 97% do total nacional. O maior produtor nacional foi o município de Venâncio Aires (RS), localizado na região do Vale do Rio Pardo.

Tomate: Goiás, São Paulo e Minas Gerais foram responsáveis, juntos, por 62% da produção brasileira, sendo que o primeiro mantém a hegemonia de maior produtor nacional desde 1999 (22,5% da produção).

Uva: O Brasil detém cerca de 1,8% da produção mundial de uvas, com diferentes variedades, adaptadas a vários tipos de solo e clima. O maior destaque dentre as unidades da federação foi o Rio Grande do Sul, que produziu 49,6% da safra nacional. A região Nordeste é promissora quanto ao cultivo da uva. No Vale do São Francisco, embora predomine o cultivo de uvas de mesa, o mercado de uvas para vinhos está em plena expansão. É nessa região que estão Petrolina (PE) - segundo maior município produtor do Brasil e detentor do recorde nacional de rendimento médio em 2005 - e Juazeiro (BA) - terceiro maior município produtor do país.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink