SC: safra de pinhão deve ser 60% maior
CI
Imagem: Marcel Oliveira
COLHEITA

SC: safra de pinhão deve ser 60% maior

A colheita começa nesta quinta-feira, 1 º de abril
Por: -Eliza Maliszewski

Basta chegar o outono e o clima ficar mais frio que é tempo de pinhão no Sul do Brasil. A semente da araucária contém dentro um alimento rico nutricionalmente e consumido assado, cozido ou em pratos requintados.

Em Santa Catarina, um dos maiores produtores da pinha, a colheita da nova safra começa nesta quinta-feira (1º). Segundo a Epagri a projeção é de uma safra de 40 a 60% maior de pinhão. Na safra passada a safra teve forte quebra em função do clima.

Apesar de a previsão para 2021 ser de uma safra ainda abaixo do normal, a melhora deixa os agricultores da serra catarinense otimistas. “O pinhão faz parte da renda de várias famílias agricultoras da região, que aguardam a abertura para iniciar a colheita e comercialização de várias maneiras, principalmente com barracas montadas à beira das rodovias locais”, relata José Marcio Lehmann, gerente regional da Epagri em Lages.

Ele lembra ainda que algumas agroindústrias também processam o pinhão, para vendê-lo de diversas formas que permitam ser aproveitado em pratos típicos da culinária serrana.

A data de 1º de abril como início de colheita do pinhão em Santa Catarina foi definida por uma lei, estabelecida em 2011 com o intuito de preservar a espécie, evitando sua colheita ainda verde. José Marcio lembra que a região produtora vem sendo monitorada pela Polícia Ambiental, que pode multar quem for flagrado colhendo ou transportando a semente antes desse dia.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink